Canal
Geral

Fábrica Verde da Coca-Cola conquista certificação Leed

Por: 0 11 de Dezembro de 2014

A fábrica da Coca-Cola Femsa Brasil, em Maringá, acaba de se tornar uma Fábrica Verde e de ser a primeira planta de refrigerantes do Brasil a obter a certificação de sustentabilidade Leed (Leadership in Energy and Environmental Design ou Liderança em Energia e Design Ambiental). Emitido em mais de 130 países de todo o mundo, o selo é considerado, hoje, a principal certificação de construção sustentável para os empreendimentos do Brasil, representado oficialmente pelo GBC-Brasil - Conselho de Construção Sustentável do Brasil, que foi criado no País em 2007. A certificação da fábrica de Maringá (PR) foi conquistada graças aos seus altos índices de economia de água e energia, além da eficiência produtiva, que reduz o impacto no meio ambiente e no aumento na qualidade do ambiente interno.

Foto: Divulgação.
[caption id="attachment_438310" align="aligncenter" width="562"]Fábrica Verde da Coca-Cola em Maringá. Fábrica Verde da Coca-Cola em Maringá.[/caption]   Também foram considerados elementos da construção como utilização de materiais recicláveis, aquisição de materiais num raio de até 800 km da obra, madeira com selo FSC de manejo responsável. O projeto agrega características como a captação de água da chuva, telhado verde, 39% de área verde, bicicletário, vaga para carro de baixa emissão, vaga para carona solidária e proteção da radiação solar nas janelas. Os números são, de fato, impressionantes e elevaram a edificação da Coca-Cola Femsa Brasil para o patamar das mais eficientes entre todas que já conquistaram a certificação no País. Com a economia de energia elétrica que a fábrica gera, por exemplo, é possível fornecer eletricidade para cerca de 2.700 casas com quatro pessoas, por um ano, o equivalente a 5.400.000 kWh, representando uma redução total de 21%. Já a economia de água chega a 26,8 milhões de litros/ano. Quando foi concebida, a fábrica de Maringá já havia adotado algumas medidas sustentáveis que a tornaram referência dentro do Sistema Coca-Cola Brasil. A unidade foi pioneira do grupo no Brasil no uso do forno Ecoven, e a primeira a utilizar tecnologia de redução da pressão de sopro e também a adotar o sistema de recuperação de calor do CO2. De acordo com o vice-presidente de assuntos corporativos da Coca-Cola Femsa Brasil, Eduardo Lacerda, a certificação Leed da fábrica de Maringá reforça o compromisso do grupo em buscar cada vez mais soluções sustentáveis e eficientes dentro do processo industrial. "Essa conquista reafirma o compromisso que temos com o nosso planeta e nossa comunidade, além de nos mover a buscar inovadores processos que nos levam a gerar transformação social e econômica positiva nas comunidades onde atuamos.”, afirma Eduardo Lacerda.    

Tags: