Canal
Geral

Expoece promove a pecuária nordestina

Por: 0 19 de Agosto de 2014 03:39

Neste ano, a Exposição Agropecuária e Industrial do Ceará (Expoece) estará em sua 60ª edição, promovendo a pecuária nordestina. O evento, que será realizado entre os dias 21 e 28 de setembro, no Parque de Exposições Governador César Cals, tem como estimativa a movimentação de R$ 12 milhões em negócios, superando a marca registrada em 2013 (R$ 10 milhões), segundo a coordenação administrativa da exposição. A estimativa de crescimento pode ser maior em até 15%, nos negócios. “Em termos de animais, teremos mais de quatro mil expostos, e, em termos de criadores, serão 250 que estarão expondo seus animais, e outros 200 expositores de máquinas e equipamentos que estarão presentes também.”, adiantou a coordenadora administrativa-financeira do evento, Rejane Bastos Dias. expoece   Entre as novidades da Expoece, para este ano, está o retorno da Feira dos Municípios, que teve início na década de 1970, e sempre foi um sucesso em termos de participação.

Importância da Expoece

Um dos objetivos da feira de negócios é promover a agropecuária cearense e fortalecer as cadeias produtivas que envolvem o setor, bem como a comercialização dos produtos da agricultura familiar. E, ainda, desenvolver o empreendedorismo no meio rural, estimular o intercâmbio de experiências e divulgar o plantel cearense. A coordenadora reforça a importância da Expoece, como oportunidade de novos negócios. “É fundamental para os criadores, pois - por meio de seus animais, seu plantel -, têm, na feira , uma vitrina. Ele passa a ser conhecido como criador de várias raças.”, destacou Rejane. “E, também, temos a feira da agricultura familiar, na qual os agricultores trazem os seus produtos e vendem diretamente ao público, durante os oito dias do evento. Então, esse é um local onde o criador e o produtor vão ter a oportunidade de fazer negócios e futuros negócios, já que, a partir dali, ele terá contato com um futuro comprador, que pode comprar tanto no local da feira como posteriormente. A Expoece é um local de fomento para os negócios da agropecuária.”, avaliou a coordenadora. O evento transforma-se em um ponto de referência regional, atraindo criadores não só do Nordeste, mas de todo o Brasil, em decorrência da participação dos plantéis de outros Estados. “Esta é mais uma comprovação do papel e do estímulo proporcionado pela Expoece no melhoramento genético do rebanho cearense. Essa realidade viabilizou a autossustentabilidade da Expoece, até os dias atuais.”, disse o coordenador geral da Expoece, engenheiro agrônomo Paulo Helder de Alencar Braga – que é, também, presidente da Associação dos Criadores do Ceará (ACC). Segundo ele, recentemente, eventos voltados para a agricultura familiar deram uma nova função ao evento, além de, também, incrementar esse segmento importante do agronegócio cearense, que passa a cumprir um papel social de estímulo à pequena produção.

Participação

O evento – promovido pelo Governo do Estado do Ceará, por intermédio da Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA), e pela ACC – conta com a exposição de animais e produtos agropecuários e industriais com a participação dos Estados do Ceará, Alagoas, Bahia, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Norte. A Expoece vai concentrar, ainda, mais três eventos centrais: exposição de animais, julgamento de animais e concurso leiteiro e, como eventos simultâneos, promove a oitava Feira Estadual da Agricultura Familiar. Além disso, serão realizadas, nos oito dias de evento, apresentações folclóricas, parque de diversões, casa de mel, piscicultura (filetagem de peixes), pesque e pague, casa de farinha, engenho e fazendinha. A programação também contará com shows de bandas nacionais e regionais. Segundo Paulo Helder Braga, foi reservado dentro do Parque de Exposições um pavilhão de 500m2, para que os municípios possam trazer suas atrações, fazendo a festa do Interior dentro da Capital, congregando os conterrâneos que residem em Fortaleza. A previsão de público é de 200 mil pessoas, que terão a oportunidade de conhecer o melhor da produção agrícola e pecuária do Ceará. Cada município pode trazer seu artesanato, cultura, culinária, projetos sociais e educacionais para apresentar, bem como números artísticos, pois haverá um espaço (Arena) para essas apresentações. Para quem deseja participar do evento, como expositor, deve procurar a Federação da Agricultura e Pecuária do Ceará (Faec), que está responsável pelos contatos e venda de espaços. A Feira dos Municípios conta com o apoio institucional da Aprece, devendo cada cidade adquirir seu estande, tamanho padrão de 12m2, já com uma estrutura pronta para a divulgação do seu material. Uma sugestão é de que os municípios podem unir-se e adquirir os estandes em conjunto.

Tags: