Canal
Geral

Expo Center Norte recebe a Intersolar South America

Por: 0 17 de Julho de 2015

Para promover as tecnologias e ampliar as aplicações de energias renováveis no país, será realizada a exposição e conferência Intersolar South America 2015, de 1º a 3 de setembro no Expo Center Norte, em São Paulo.

Nos três dias de evento, empresas e profissionais do setor de energia solar vão debater tendências, realizar negócios, trocar de informações sobre os desenvolvimentos tecnológicos desse mercado, métodos de produção eficientes, financiamento e planejamento de projetos, e apresentar soluções, entre outras atividades.

Foto: Divulgação.
[caption id="attachment_474808" align="aligncenter" width="562"]ISSA2014_Pressebilder014 Edição 2014 da Intersolar South America.[/caption]

Com um mercado interno promissor e reconhecido por especialistas como futura potência em energia solar na América Latina, o Brasil realizou, em 2014, o primeiro leilão público nacional com participação expressiva de empreendimentos de energia elétrica solar, com resultados amplamente favoráveis: foram contratados 1048 MW de capacidade fotovoltaica instalada em 31 usinas.

Na ocasião, o preço-médio negociado para essa fonte ficou em R$ 215,12 por megawatt-hora (MWh), o que significou desconto médio de 17,89% em relação ao preço “teto” de R$ 262 reais, de acordo com a Empresa de Pesquisa Energética (EPE) e a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).

Hoje, o mercado de energia solar na América Latina apresenta grande potencial de crescimento em função do reconhecimento dos países sobre o futuro papel dessa fonte na matriz energética. No Brasil, por exemplo, 80% do parque de geração de energia elétrica corresponde a fontes renováveis, sendo que as hidrelétricas têm uma fatia de 83% entre as renováveis e de 66% da capacidade total, segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Anaeel). Por outro lado, a eletricidade de fonte solar corresponde a meros 0,01%.

De acordo com Mônica Carpenter, diretora da Aranda Eventos, empresa co-organizadora do evento, o Brasil necessita diversificar urgentemente sua matriz energética para não permanecer suscetível a intempéries climáticas.

“A captação de energia solar fotovoltaica e termossolar é uma alternativa de grande valia dadas as características geográficas privilegiadas do país, banhado pelo sol praticamente o ano todo.”, explica a executiva.

“A Intersolar é uma referência mundial em eventos para o setor solar e o Brasil é hoje um dos palcos principais das discussões sobre tecnologia, regulamentação, tributação e demais temas estratégicos para o desenvolvimento deste mercado.”, completa a executiva.

Tags: