Canal
Geral

Estudo mostra como é o mercado de live marketing no Brasil

Por: WLC 19 de Agosto de 2015

Vimos em post recente que, ao contrário da economia do país, o Live Marketing cresceu em 2015. Junto a esse bom momento do setor, cresceu também a procura por um entendimento sobre a atividade.

Pensando nestas necessidades, a Lafis, empresa especialista em análises de mercado, realizou um estudo que, pela primeira vez, mostrou dados bastante aprofundados sobre o tamanho do setor e as possibilidades de crescimento das agências de live marketing.

Realizado entre junho e julho do ano passado, o estudo indicou que o Brasil tem em torno de três mil agências de marketing promocional que, via de regra, são remuneradas por projetos com ticket médio de R$ 500 mil, considerado baixo pelo setor.

Segundo a pesquisa, o mercado é bastante pulverizado entre grandes players e empresas menores — 72% das agências têm até 30 colaboradores fixos e 50% faturam até R$ 5 milhões por ano. Os eventos correspondem pela maior fatia do faturamento do setor, com 25% do total. Ativações, com 15%, e marketing de incentivo, com 10%, estão na sequência. Dentro da especialidade eventos, os corporativos são realizados por 85% das empresas. Convenções (72%), feiras (71%), congressos (56%), shows (34%), eventos esportivos (32%) e rurais (17%) também estão no escopo da área.

Diversos outros dados da pesquisa também foram divulgados no 2° Congresso Brasileiro de Live Marketing no segundo semestre do ano passado. Inclusive foi criado um infográfico exclusivo para tal publicação. Confira, abaixo:

 

Tags: