Canal
Geral

Fifa perde mais patrocinadores

Por: 0 27 de Janeiro de 2015

Envolvida em casos de corrupção sobre a escolha do Qatar como sede da Copa do Mundo em 2022, a Fifa perdeu fortes parceiros comerciais. Em novembro, o The Guardian, anunciou que o Emirates e Sony deixariam de integrar o portfólio de patrocinadores da entidade neste ano. Agora, o jornal The Telegraph anunciou que CastrolContinental e Johnson & Johnson também deixaram de integrar o quadro de patrocinadores da Fifa. Segundo Emirates e Sony, o fim do patrocínio se deve aos constantes envolvimentos em polêmicas e casos de corrupção da entidade presidida por Joseph Blatter, que, além de tudo, se nega a abrir investigações para que as dúvidas sejam solucionadas.

Foto: Reprodução/Google.
[caption id="attachment_430905" align="aligncenter" width="562"]Joseph Blatter. Joseph Blatter.[/caption] Já a Castrol apenas confirmou sua saída, enquanto a Continental declarou que seus esforços no futebol continuarão apenas de maneira regionalizada. Por fim, a Johnson & Johnson disse apenas que em sua revisão de negócios anual o patrocínio à entidade não estava no planejamento para este ano. Segundo o The Guardian, ao que indica, a Fifa não terá problemas em suprir a saída de ambas empresas, já que Qatar Airways e Samsung surgem como potenciais patrocinadoras a ocuparem os lugares deixados por elas.

Tags: