Canal
Geral

<!--:pt-->Engenhonovo recebe o Prêmio Converge de Inovação<!--:-->

Por: 0 19 de Março de 2010

A agência baiana Engenhonovo recebeu no dia 17/03, em solenidade realizada no Centro de Convenções Frei Caneca, no contexto do Web Expo-Fórum, o Prêmio Converge de Inovação Tecnológica 2010 com um case planejado e executado para a Unijorge, na categoria "games".

engenhonovo

O case vencedor consistiu numa ação de Alternate Reality Games (ARG) realizada para o processo seletivo da faculdade, no contexto de uma campanha publicitária, que teve fortes elementos de interatividade. A ação do ARG rendeu 60.000 acessos na web, mobilizando mais de mil usuários, na sua maioria estudantes de segundo grau, o público alvo da instituição.

[caption id="attachment_50563" align="aligncenter" width="400" caption="Representante da Engenhonovo recebe Prêmio Converge Inovação Digital."]Representante da Engenhonovo recebe Prêmio Converge Inovação Digital[/caption] Segundo Laura Passos, vice-presidente da agência "Foi a primeira ação de ARG realizada no Norte e Nordeste. Esse prêmio tem tudo a ver com o nosso posicionamento, alia tema da campanha da agência deste ano, de permanente inovação". A Ação Durante uma palestra na Unijorge uma das pessoas na plateia pede a palavra, faz algumas perguntas sobre o tema discutido e depois começa a pedir ajuda para encontrar um parente que tem um segredo que precisa ser descoberto. Diante dos comentários de que ali não era o lugar para isso, ela se desespera, começa a chorar e deixa o auditório. Tudo foi filmado e horas depois o episódio estava na internet. Ninguém avisou nada, mas algumas pessoas pensaram na mesma hora: "Isso só pode ser um ARG". E era. A sigla é para Alternate Reality Game, um gênero que combina situações de jogo eletrônico com a realidade, sempre usando recursos tecnológicos e do mundo real para resolver enigmas e desafios. Além do rabbit hole (start) durante a palestra, o ARG fez uso das redes sociais (Orkut, Twitter) onde foram postados os perfis fakes dos personagens da trama, pistas foram plantadas no blog da Unijorge, personagens conversavam on-line com o público via MSN tirando dúvidas sobre os enigmas e a partir daí uma série de jogadores e curiosos começaram a acompanhar a história da Fórmula do Conhecimento, criando fóruns de discussão no Orkut e grupos de encontro para desvendar os mistérios.

Tags: