Canal
Geral

<!--:pt-->Endomarketing como ferramenta de motivação<!--:-->

Por: 0 19 de Janeiro de 2010

* Aline Ferraresi Nascimento Hirayama Atualmente, com o aumento da competitividade num cenário globalizado, as empresas estão tomando ciência de que são cada vez mais necessárias agilidade dos processos, qualidade no atendimento e uma comunicação apurada interna e externamente - com clientes, fornecedores e parceiros. E ter uma equipe (ou várias) que não trabalham em harmonia com os objetivos da empresa pode significar perda de vantagem competitiva, de mercado e até o estopim para sua saída do cenário de negócios.

endomarketing6

Por outro lado, não é uma ação isolada e emergencial como um evento motivacional com dinâmicas de integração com todos os funcionários ou contratar uma equipe de ginástica laboral que vai motivar os profissionais. Não existem resultados excelentes e duradouros quando uma empresa não dá aos seus funcionários preparação necessária para torná-los capazes de serem criativos, de surpreender e encantar os clientes. Os empregados são o primeiro mercado para as organizações. Diante disso, com o objetivo disseminar valores como transparência, empatia, comprometimento e cooperação, as empresas buscam desenvolver uma cultura organizacional orientada para o cliente. Elas precisam de estratégias adequadas, o que pode ser alcançado através do endomarketing, ou marketing interno. O endomarketing é um projeto interno, um programa com diversas ações que visam mudanças de comportamento e atitudes de todos na empresa. É busca por pontos fracos e fortes nos colaboradores para se lapidar, se preocupando com seu bem estar para que tenham todo seu foco no melhor atendimento para o cliente. Melhorar o nível de escolaridade, treinar, diminuir a rotatividade, incentivar os empregados a se relacionarem melhor com os clientes internos e externos não é fácil, por isso o exemplo tem que vir "de cima". A iniciativa da alta gerência é essencial, um fator crítico e inicial, para a implantação de um processo de qualidade. É necessária firme convicção da liderança para que contagie toda sua equipe, ou equipes. Após a total aceitação e comprometimento da alta gerência, para dar início a um projeto de endomarketing é necessário conhecer e documentar o cenário atual. Algumas ferramentas são as entrevistas e questionários para colaboradores de todos os níveis hierárquicos e até mesmo para clientes e fornecedores. A decisão por contratar uma empresa externa de consultoria ou de delegar ao departamento de recursos humanos, num trabalho em conjunto com o de marketing, cabe a alta direção. Porém, grande parte das empresas brasileiras preferem, por questões culturais e orçamentárias, a segunda opção. Quais são os pontos fracos e fortes dos processos da empresa ? O que está atrapalhando o bom desempenho dos colaboradores ? É necessário que a empresa, por meio dos líderes, também conheça seus funcionários, suas necessidades e expectativas, que procure acelerar seu processo de aprendizado organizacional. Os líderes devem ouvir e estimulá-los a pensar e a dar sugestões, críticas e análises. Deve ser capaz de tirar deles o melhor. Ouvir o funcionário é essencial para ouvir o cliente externo. Com as informações e dados em mão, o próximo passo é criar os objetivos reais, com datas para conclusão e estudar as formas de chegar a esses resultados. Uma boa prática é criar subdivisões nos objetivos e prazos menores para que se possam mensurar melhor os resultados e, se preciso, fazer ajustes no trajeto. Comemorar os resultados alcançados em eventos e premiar os destaques, aqueles que superaram todas as expectativas, é uma excelente forma de reconhecimento. Um outro fator crítico para o sucesso do projeto é a escolha da estratégia de comunicação. Pode se adotar materiais promocionais, pesquisas de satisfação, vídeos (institucionais ou de produtos), grife interna (broches, camisetas, bonés, etc), palestras internas (com o objetivo de apresentar as novidades, tendências e evoluções), pastas (técnicas, educativas ou de integração), cartazes (motivacionais ou informativos), newsletter interno, história da empresa por meio de fotografias, canais diretos (ouvidoria, líder, diretoria ou presidência), painéis informativos sobre o andamento do projeto e os resultados alcançados. A escolha dependerá dos recursos financeiros disponíveis para o projeto e a quantidade de envolvimento de cada colaborador em cada item. Promover um programa de treinamentos aos colaboradores é fundamental para o sucesso do projeto de endomarketing. Chega a ser um risco enorme para uma empresa ter um profissional motivado, mas sem habilidade total sobre a atividade que exercerá! Após a implantação do projeto de endomarketing com sucesso, qualquer outro projeto de melhoria será mais fácil de implantar visto que os empregados já estarão acostumados com mudanças e comprometidos com os resultados da empresa. Quando o marketing interno funciona, o marketing externo será muito mais abrangente, visto que o funcionário estando mais satisfeito no trabalho encarará suas funções com mais responsabilidade, sendo o multiplicador da boa imagem da empresa e tendo maior poder de persuasão junto aos seus clientes. * Aline Ferraresi Nascimento Hirayama é Administradora de Empresas, MBA em Gestão Empresarial e Diretora Administrativa da Lymer Consultoria

Tags: