Canal
Geral

Edukatu comemora os números alcançados em dois anos de atuação

Por: Instituto Akatu. 16 de Setembro de 2015

Desde o seu lançamento, dois anos atrás, o Edukatu, rede aberta e gratuita de aprendizagem para o consumo consciente promovida pelo Instituto Akatu, impactou mais de 44 mil pessoas.

Construir espaços de transformação nos ambientes escolares tem sido o principal empenho da plataforma nesses dois anos. Dessas pessoas impactadas 17 mil são professores e alunos participantes da rede, em mais de 1.870 escolas em todos os Estados do País.

Foto: Divulgação.

O primeiro da lista é o Estado de São Paulo, com 515 escolas, seguido de Alagoas, com 173 escolas, e Bahia, com 167. O número de universidades, ONGs, secretarias e outros participantes que apoiaram a rede com a auxílio na mobilização da comunidade é de 633.

O engajamento tem se tornado crescente. Comparado ao ano passado, o número de pessoas engajadas até este mês ultrapassou o número total de 2014 em mais de 700 participantes. Outro dado importante é como os projetos implementados apresentaram um aumento na participação comunitária, sensibilizando, no total, 27.367 pessoas da comunidade, com 16.695 projetos e 10.672 campanhas para a sustentabilidade e o consumo consciente. Isso mostra a importância que as escolas estão dando para a inclusão desses temas no dia a dia do ensino e da aprendizagem.

Para alcançar esses resultados, a rede contou com o apoio de secretarias públicas e empresas privadas. São elas: Braskem – parceira desde o início do projeto –, HP, Fundação Cargill, KPMG, Mais Unidos, Costa Brava, Aoka tours e Google Adwords.

Como parceiras de mobilização, o Edukatu contou com a Prefeitura de Salvador (BA), Prefeitura de Vila Velha (ES), Governo do Estado de Roraima, Secretaria de Educação de Belo Horizonte (MG) DRE Capela do Socorro (SP), DRE Jaçanã/Tremembé (SP), DRE Campo Limpo (SP), além de ter o apoio institucional do Ministério do Meio Ambiente e do Ministério da Educação.

Desafio Para os Professores

Até o dia 30 de outubro, qualquer professor pode inscrever projetos autorais relacionados ao consumo consciente, sustentabilidade e ciclo de vida dos produtos no desafio nacional "A Natureza das Coisas 2015".

A ideia do desafio é mobilizar equipes de professores e alunos, de escolas públicas e particulares, a criarem projetos e articularem-se na formação de uma atividade coletiva de mobilização de sua comunidade. Nesta edição, além dos professores serem premiados com uma viagem com acompanhante e tablets, alunos da equipe com a primeira colocação também ganharão tablets, e, ainda, a escola do primeiro colocado recebe uma oficina.

Informações e instruções do desafio podem ser acessadas aqui.
 

Tags: