Canal
Geral

Diamantes são roubados em feira de joias

Por: 0 5 de Abril de 2011

Quatro diamantes de um valor de "vários milhões" de francos suíços foram roubados no Salão Internacional de Relojoaria e Joalheria, em Bâle, na Suíça, anunciou o procurador do cantão de Bâle-ville. No último dia do salão que recebeu cerca de 1.900 expositores, "um grupo de criminosos, até agora não identificados, conseguiu distrair a atenção dos funcionários de uma joalheria (...) e roubar de uma vitrina quatro diamantes de um valor de vários milhões", indicou o porta-voz do procurador em um comunicado.

A ala nº 3 do parque de exposições de Bâle, onde ocorreu o roubo, foi fechada durante meia hora após a descoberta do crime e os visitantes foram impedidos de deixar o local. Mas os ladrões conseguiram deixar o prédio, indicou o porta-voz. "Eram provavelmente de quatro a cinco cúmplices", indicou à AFP o porta-voz. "Três desviaram a atenção dos funcionários da joalheria, enquanto os dois outros abriram a vitrina" na qual estavam os diamantes, acrescentou. A joalheria israelense, que não teve o seu nome divulgado, foi roubada em 15 minutos, tempo suficiente para que os ladrões deixassem o local sem serem pertubados, segundo o porta-voz. "Eles agiram de forma muito profissional", acrescentou. A Polícia está estudando as gravações das câmeras de vigilância do salão e deverá divulgar "até esta noite" os detalhes sobre os autores do roubo. As forças de segurança realizaram a coleta das impressões digitais e de traços de DNA. A Baselworld já foi alvo de roubos em diversas oportunidades. Em 2009, um ladrão roubou 13 milhões de francos suíços (10 milhões de euros) em joias, mas estas foram recuperadas rapidamente. Em 2007, joias no valor de mais de um milhão de francos suíços foram roubadas.

A Baselworld, que abriu suas portas ao público no dia 08/03 (encerrou em 15/03), reúne a cada ano os maiores nomes da joalheria e da relojoaria, como Rolex, Dior, Hublot, Blancpain e Chopard, que apresentam suas coleções mais famosas. Fica o alerta para os organizadores de feiras. Fonte: AFP.

Tags: