Canal
Geral

<!--:pt-->Dia das Mães virtual deve crescer 40% em 2010<!--:-->

Por: 0 25 de Abril de 2010

O comércio eletrônico deve inaugurar as datas sazonais em 2010 com um faturamento muito expressivo. De acordo com a e-bit, empresa especializada em informações de comércio eletrônico, o Dia das Mães, segunda data mais lucrativa para o setor (atrás apenas do Natal) deve faturar R$ 620 milhões em vendas de bens de consumo nesse ano, o que representaria um acréscimo nominal de 40% ante os R$ 440 milhões registrados em 2008.

comercio-eletronico

Segundo Pedro Guasti, diretor geral da e-bit, a contribuição da data para o setor é essencial. "Temos um histórico de relativa importância no Dia das Mães, principalmente se compararmos com o Dia dos Pais ou o Dia das Crianças. Com a entrada de novos players para o canal, o volume de vendas deve ser ainda maior devido às promoções que serão feitas pelas lojas, motivando os filhos a escolherem de forma mais assertiva o presente que desejam dar às suas mães", declara Guasti. Ainda de acordo com o executivo, o consumidor que deseja presentear sua mãe com produtos de maior valor agregado deve aproveitar as oportunidades que o e-commerce oferece. "No comércio eletrônico, o consumidor tem a vantagem de poder parcelar suas compras em até 12 vezes sem juros ou até acima deste prazo, o que acaba abrindo espaço para a compra de presentes mais caros, como eletrodomésticos e eletrônicos. Acreditamos que essa deva ser a grande aposta para o Dia das Mães", finaliza Guasti. Os produtos que devem estrelar o ranking de mais vendidos devem ser cosméticos e perfumaria, eletroportáteis, eletrodomésticos, eletrônicos, principalmente TVs de plasma, telefonia celular e flores e cestas, categoria tradicionalmente lembrada na ocasião. O período de vendas contabilizado pela e-bit para a data sazonal é entre 25/04/2010 e 09/05/2010.

Tags: