Canal
Geral

Desafio Solidário da Reckitt Benckiser arrecada R$ 780 mil

Por: 0 13 de Junho de 2011

Os funcionários da Reckitt Benckiser de todo mundo arrecadaram R$ 780 mil em 2011 para o Desafio Solidário, programa de estímulo ao voluntariado da empresa, iniciado em 2003, em parceria com a instituição não-governamental global Save the Children. Todo dinheiro arrecadado será investido em iniciativas que melhorem a vida das pessoas. A cada dois anos, um país sede da RB recebe as doações dos funcionários e recepciona os colaboradores para a realização do trabalho voluntário. Este ano, o país escolhido foi o Brasil e 64 colaboradores de 33 países diferentes foram divididos em dois grupos: o primeiro participa da reforma de duas creches em Petrolina (PE) e, o segundo, de uma caminhada de cinco dias para percorrer de 71km na Chapada Diamantina (BA). Na manhã do dia 07/06, foi feito o anúncio oficial da reforma das duas creches, com um link ao vivo direto da cidade de Petrolina.

[caption id="attachment_120556" align="aligncenter" width="580" caption="Imagem do link ao vivo com a cidade de Petrolina (PE), comandado por Frederic Morlie (CEO da Reckitt Benckiser no Brasil), à direita da imagem. "][/caption]

Essa é a primeira vez que o Brasil recebe o projeto, que está em sua terceira edição. Em 2007 e 2009, o Desafio Solidário aconteceu na Índia e foram arrecadados, respectivamente, mais de R$ 470 mil e R$ 700 mil, em um ano, para projetos que ajudam crianças carentes em questões de saúde, educação e em situações de risco. Em 2010, a RB lançou o “Million Brighter Futures”, que reúne todos os projetos sociais da empresa e que até 2015 pretende arrecadar mais de R$ 26 milhões.

[caption id="attachment_120557" align="aligncenter" width="580" caption="Mesa de jornalistas convidados – ao fundo, estão Frederic Larmuseau (esquerda, CEO da Reckitt Benckiser na América Latina), e Synésio Batista (direita, presidente da Fundação Abrinq)."] Para atingir essas metas, os funcionários da RB arrecadam fundos o ano inteiro em escritórios espalhados pelo mundo por intermédio de atividades como caminhadas, corridas, maratonas, venda de livros e bolos, entre outras. Os voluntários no Brasil realizaram diversas ações, como: bazares, banca de doces, venda de pão-de-mel, leilão e rifa de brindes como sobras de produtos do marketing, máquinas fotográficas, câmeras filmadoras e até um iPad. Além disso, também foram leiloadas camisas de time de futebol autografadas, recebidas doações de parceiros e fornecedores, etc.

[/caption]

Tags: