Canal
Geral

Dermacyd cria campanha por vagão das mulheres

Por: 0 26 de Junho de 2014

Dermacyd, marca que reforça a importância da proteção e da segurança para as mulheres, lança campanha de apoio ao vagão especial para o público feminino, já existente no Rio de Janeiro e Brasília, e fomenta, por meio de um abaixo-assinado, a criação do mesmo no metrô de São Paulo. O projeto conta com diversas ações nas duas cidades e também nos perfis da marca nas redes sociais para conscientizar a população, feminina e masculina, sobre a prevenção da violência no transporte público. #VagaoDasMulheres “Essa iniciativa é apenas o ponto de partida para chamar atenção e avançar em um assunto tão importante para a sociedade. Dermacyd, como uma marca que entende do universo feminino, quer levantar essa discussão, que não pode ter um ponto final”, explica Patrícia Macedo, gerente de Marketing da Unidade CHC da Sanofi. No Rio de Janeiro, os vagões das mulheres no metrô e no trem metropolitano foram envelopados com ilustração produzida pela artista romena Felicia Atanasiu, chamando a atenção para a proteção e segurança das mulheres que têm um dia intenso e valorizando esta conquista das cariocas.
Foto: Flickr.
vagao metro exclusivo para mulheres rio de janeiro_foto_flickr Paralelamente, em São Paulo, onde ainda não existe esse espaço, Dermacyd está fomentando, por meio de um abaixo-assinado on-line, a criação dessa iniciativa. Na Capital paulista 58% dos usuários do metrô são mulheres (dados do Metrô de SP, 2012), número que reforça a importância de ações voltadas para a segurança das mulheres nesses locais. O abaixo-assinado pode ser acessado aqui. "Um grande desafio na comunicação das marcas é ser relevante para o consumidor. Dermacyd tem feito isso educando e protegendo as mulheres. O Vagão das Mulheres é mais uma iniciativa neste caminho", afirma Kevin Zung, diretor-executivo de criação da Publicis Brasil. “Não somos a favor de separar homens e mulheres, mas sim de oferecer uma escolha para elas. Nosso objetivo é apoiar uma iniciativa que já existe e ampliá-la. Porém, não queremos deixar de lado a educação de todos os usuários sobre o tema. É isso que fará diferença”, acrescenta Patrícia Macedo. Ações Os vagões do Rio de Janeiro receberam a arte e mensagens de apoio à causa na parte externa e interna. Já nas estações e nas plataformas, peças de mídia out of home fortalecem a ideia e vinhetas de 15’ serão veiculadas no monitor digital. Em São Paulo, o engajamento da população acontece por meio dos canais da marca nas redes sociais.    

Tags: