Canal
Geral

Corinthians leva 'calote' de agência e fica sem patrocínio

Por: 0 19 de Outubro de 2012

O clube Corinthians levou um calote de mais de um milhão da empresa Apito Ação Promocional. O departamento jurídico alvinegro ainda tenta um desfecho sem a necessidade de acionar a Justiça. Entretanto, caso a empresa não quite as parcelas que ainda não foram pagas, o clube promete procurar seus direitos. A Apito Ação Promocional fechou um contrato de patrocínio pontual com o time por sete rodadas no Campeonato Brasileiro. Para estampar a ação promo “Viaje com o Timão para o Japão” no peito e nas costas da camisa, a empresa pagaria algo em torno de R$ 1,5 milhão. Sem Patrocínio Desde que o contratual com o antigo patrocinador, a Hypermarcas, se encerrou em abril, o Timão não conseguiu fechar com um novo patrocinador máster. Por conta da grande fase, o clube previa arrecadar em torno de R$ 53 milhões por ano. Isso, contudo, não aconteceu. Levando as projeções do marketing alvinegro, o esperado era que nos primeiros oito meses, o clube do Parque São Jorge conseguisse mais de R$ 35 milhões com os espaços publicitários. No entanto, com os acordos pontuais conseguiu R$ 20 milhões a menos. A queda vertiginosa nas arrecadações já começaram a gerar reclamações por parte da oposição. De acordo com os opositores, desde que Ronaldo Fenômeno se aposentou, o departamento de marketing do clube se estagnou. Os dirigentes dizem o contrário. Apesar de não conseguir um novo patrocinador, eles garantem que a saúde financeira do Corinthians continua sem problemas. Tudo por conta das cotas de TV da Globo, das rendas com bilheterias e pelas premiações, como o título da Libertadores e participação no Mundial de Clubes.

Tags: