Canal
Geral

Copel vai incentivar atletas olímpicos do Paraná

Por: 0 16 de Agosto de 2011

O Governo do Paraná vai incentivar o esporte profissional no Estado. Com o patrocínio da Copel, apoio da Sanepar e gestão da Secretaria de Esporte, 250 atletas paranaenses que têm potencial para disputar medalhas nas Olimpíadas de 16 e de 2020 vão receber bolsas-esporte para treinamento. A intenção do programa Talento Olímpico do Paraná (TOP 2016) é incentivar e desenvolver os potenciais esportivos do Estado para as Olimpíadas que vão acontecer no Brasil, mantê-los treinando no Paraná e proporcionar inclusão social e desenvolvimento educacional. Serão concedidas bolsas de R$ 500,00 para esportistas de 34 modalidades olímpicas e 14 paraolímpicas. Esta é a primeira iniciativa do gênero no Paraná desde 1997, quando começou o programa de incentivo ao vôlei Rexona, que tinha o objetivo incluir crianças e jovens de baixa renda aliando educação e esporte. A ideia agora é que o Paraná se torne referência na formação de atletas de alto rendimento. “O Paraná está reorganizando e desenvolvendo o esporte com qualidade e excelência. A identificação e a promoção de talentos esportivos será um dos principais alvos de investimento da política estadual de esporte nestes quatro anos de governo”, afirmou o governador Beto Richa. Este é o primeiro investimento da história da Copel em patrocínio esportivo. “É um programa inovador, que une esporte e responsabilidade social, levando educação e saúde para diversos jovens paranaenses”, disse o presidente da Copel, Lindolfo Zimmer. A diretora de Gestão Corporativa da Copel, Yára Eisenbach, que encampou a ideia desde que foi apresentada à Companhia, acrescenta: “Com este estímulo os atletas estão sendo valorizados e vão poder treinar em casa, perto da sua família e com todo o apoio do Estado”. A primeira fase do programa vai até dezembro deste ano, porém será prorrogada pelos próximos anos para que os atletas continuem com apoio para se desenvolverem. A partir de 2012, as demais etapas do programa, quantidades de bolsas e valores vão ser redefinidas com a participação de uma comissão de avaliação e das federações esportivas. Além disso, também será estudada a possibilidade de patrocínio para os técnicos. Já o acompanhamento dos atletas bolsistas será feito mediante relatórios repassados pelos técnicos à Secretaria de Esporte e por meio de acompanhamento morfofuncional. Do total de bolsas, cerca de 12% serão concedidas para as modalidades paraolímpicas. “Os atletas paraolímpicos se esforçam muito, merecem valorização. Então o Governo do Paraná quer dar incentivos contundentes a estes esportistas também”, afirmou o secretário de Estado dos Esportes, Evandro Rogério Roman. Critérios

    Uma Comissão formada por nove membros ligados ao programa e ao setor esportivo definiu os critérios para a distribuição de bolsas entre as modalidades. Os atletas que praticam modalidades olímpicas devem ter entre 11 e 18 anos de idade, e os que praticam modalidades paraolímpicas devem ter entre 11 e 21 anos de idade. Todos devem estar matriculados no Ensino Fundamental, Médio ou Superior no Estado. As federações e entidades envolvidas com esporte olímpico e paraolímpico foram convidadas para indicar os atletas que estão aptos a concorrer às bolsas com base nos critérios predefinidos. As indicações vão ser feitas conforme currículo esportivo do atleta, pelo seu potencial em representar o Estado em competições, bem como atuar nas Olimpíadas de 16 e de 2020. A Comissão fará a análise, homologação e distribuição do patrocínio. Infraestrutura e jogos regionais
      Além das bolsas para os atletas, o TOP 2016 vai investir em outras frentes até o final do ano. Uma delas é o repasse de uma verba de R$ 23 mil mensais pelo período de três meses para a Federação Paranaense de Ginástica para que o Centro de Treinamento de Ginástica do Paraná, local onde as atletas treinam em Curitiba, possa ser mantido até o final do ano. Uma terceira frente do programa é o investimento nos jogos paranaenses. A Copel vai patrocinar os Jogos Abertos e da Juventude, que são promovidos todos os anos pela Paraná Esporte.

      Tags: