Canal
Geral

Copa traz 160 oportunidades para turismo em Curitiba

Por: 0 11 de Agosto de 2011

Quem trabalha com turismo em Curitiba (PR), ou pretende atuar, deve se preparar. Estudo realizado pelo Sebrae, por meio da Fundação Getúlio Vargas (FGV), identifica 160 oportunidades de negócios no setor e na produção associada ao turismo. As atividades potenciais passam por cursos de idiomas, hospedagem, alimentação e agências de viagens. O "Mapa de Oportunidades" para as Micro e Pequenas Empresas nas cidades-sede da Copa foi apresentado na capital paranaense para mais de mil empresários na terça-feira (09/08). O levantamento também aponta os desafios a serem enfrentados como qualificar a mão de obra. O secretário de Turismo do Paraná, Faisal Saleh, explica que o Estado tem dez regiões turísticas, como a Ilha do Mel e Foz do Iguaçu, que podem ser potencializadas para os jogos do mundial. "Tratamos o turismo como fator de desenvolvimento econômico e social. Queremos sensibilizar o cidadão para fazer com que todo o Paraná, e não somente Curitiba, seja beneficiado pela Copa", assinala Saleh. "Temos a consciência de que há muito o que se fazer", ressalta. O Mapa de Oportunidades em Curitiba apresenta 554 oportunidades de negócios para as Micro e Pequenas Empresas (MPE). Os setores que mais possuem possibilidades são Construção Civil (108), Produção Associada ao Turismo (90), Tecnologia da Informação (81), Comércio Varejista (80), Agronegócio (78), Turismo (70) e Vestuário (47). "Em todo o Estado, existem 450 mil MPE e mais de 80 mil empreendedores individuais formalizados, que podem ser beneficiados com os jogos mundiais", destaca o superintendente do Sebrae no Paraná, Allan Costa. O estudo identifica mais de 900 oportunidades no Brasil em oito setores nas 12 cidades-sede dos jogos. Além de Curitiba, o mapeamento já foi apresentado em Natal (RN), Cuiabá (MT), Rio de Janeiro (RJ), Recife (PE), Belo Horizonte (BH) e Brasília (DF).

Tags: