Canal
Geral

Copa do Mundo de 2014 aquece o turismo no Brasil

Por: 0 23 de Agosto de 2013

A 295 dias dos jogos da Copa do Mundo, brasileiros e estrangeiros se movimentam para a compra dos ingressos das partidas nas 12 cidades-sede. No primeiro dia de vendas (20/08), cerca de um milhão de ingressos foram solicitados por mais de 163 mil torcedores nas primeiras sete horas, de acordo com a Fifa. O País deve receber cerca de 600 mil turistas estrangeiros e três milhões de brasileiros devem viajar dentro do Brasil durante os 30 dias do campeonato mundial, de acordo com pesquisa do Ministério do Turismo (MTur). A pasta também se mobiliza na conclusão de obras de infraestrutura turística antes do início do megaevento. No ano passado, o Governo Federal destinou R$ 38,5 milhões para que as cidades-sede da Copa de 14 investissem em sinalização turística. O MTur anunciou R$ 19 milhões para investimentos em placas de sinalização s nas cidades históricas. Mais de 30 destinos, em 17 estados, receberam ajuda financeira para adequar esses mecanismos de comunicação aos padrões internacionais. Até a Copa do Mundo de 2014 serão construídos 147 novos meios de hospedagens nas cidades-sede, segundo dados das secretarias estaduais e municipais de turismo repassadas ao órgão público. Ao todo, serão ofertados 25 mil quartos a mais na rede hoteleira para atender a demanda do evento. Até 2014, serão construídos e reformados 71 Centros de Atendimento aos Turistas (CAT’s) nas 12 cidades-sede, 10 CAT’s na fronteira com o Mercosul e financiamento de CAT’s móveis. “A economia turística cresce acima do PIB nacional e grandes eventos esportivos, como a Copa do Mundo, dão visibilidade e consolidam o país como um dos principais destinos turísticos do mundo”, afirma o ministro Gastão Vieira. Profissionais ligados ao receptivo turístico, como taxistas e camareiras serão treinados por meio de um programa de qualificação profissional, o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec Turismo). Até o ano que vem, serão ofertadas 240 mil vagas em 54 cursos profissionalizantes.

Tags: