Canal
Geral

Consumo de cerveja na Copa supera Oktober em POA

Por: 0 11 de Julho de 2014

O charme das gaúchas é reconhecido ao redor do mundo. Mas foi uma musa líquida quem roubou a cena entre homens e mulheres nas pouco mais de duas semanas em que a Copa do Mundo tomou conta de Porto Alegre. Embriagados de futebol, brasileiros e estrangeiros assistiram aos jogos, brindaram vitórias e choraram derrotas com uma parceira em comum: a cerveja. Somente nas áreas mais movimentadas da Capital gaúcha durante o Mundial, como alguns bares da Cidade Baixa, do Centro e do bairro Moinhos de Vento, além do Estádio Beira-Rio, Fan Fest, Acampamento Farroupilha e ao longo do Caminho do Gol, foram consumidos mais de 700 mil litros da bebida entre 12 e 30/06, segundo levantamento realizado por Zero Hora.

Foto: Adriana Franciosi.
[caption id="attachment_407698" align="aligncenter" width="562"]A cerveja esteve presente em todos os momentos da Copa do Mundo. A cerveja esteve presente em todos os momentos da Copa do Mundo.[/caption]   Para reunir os dados, a reportagem conversou com proprietários e gerentes de bares nesses pontos mais frequentados durante a Copa. O número, que exclui parte significativa do consumo, como as vendas dos supermercados — que, conforme a Associação Gaúcha de Supermercados (Agas), registraram aumento médio de 120% em relação a junho do ano passado — supera em mais de 100 mil litros o da maior orgia cervejeira do País: a Oktorberfest de Blumenau, em Santa Catarina. Durante 18 dias da maior festa brasileira da cerveja, os frequentadores beberam 600 mil litros em 2013. "O caso de Porto Alegre é surpreendente se pensarmos que a Oktoberfest é uma festa dedicada à cerveja, enquanto a Copa é dedicada à torcida e à alegria. É um número bastante elevado, ainda mais que aí está frio.", disse Adalberto Viviani, presidente da consultoria paulista Concept, especializada em alimentos e bebidas.

Tags: