Canal
Geral

Como avaliar funcionários em campanhas de incentivo

Por: 0 10 de Julho de 2015

Esta avaliação de desempenho é fundamental, pois, de nada adianta estimular a equipe a realizar inúmeras atividades e alcançar os objetivos, se não existirem formas eficazes de mensurar os resultados e recompensar os autores de maneira meritocrática. O fato é que qualquer que seja a técnica de avaliação escolhida pelos gestores da campanha de incentivo, seu ponto de partida deve ser a fixação de objetivos claros, que possam ser mensurados de forma simples e assertiva, pois, é com base na análise de tais objetivos que a avaliação será realizada.

Foto: Reprodução/Google.
8590241_l Existem, no entanto, algumas metodologias de avaliação de desempenho sobre as quais funcionam melhor em campanhas de incentivo. Vejamos as principais: Avaliaçãode desempenho Quantitativa Trata-se de um método bastante comum e eficiente, uma vez que contra números não há argumentos. Como o próprio nome já diz, esta técnica é baseada na análise dos resultados concretos dos participantes. Seus indicadores costumam ser números vinculados ao desempenho dos participantes da campanha, como, por exemplo, número de vendas, número de atendimentos, índice de respostas, etc. Avaliaçãode desempenho Qualitativa Neste caso, a avaliação é baseada em aspectos mais intangíveis, como grau de satisfação do cliente atendido, resultado final de um projeto realizado, a boa administração das ferramentas utilizadas etc. Como trata-se de uma métrica voltada para aspectos comportamentais, sua avaliação é realizada por um conjunto de fatores estabelecido geralmente pelo superiores hierárquicos. Avaliação de Desempenho 360º É o método mais completo. São levados em consideração aspectos tanto qualitativos, quanto quantitativos, e todos os colaboradores, independentemente da sua posição hierárquica, são simultaneamente avaliadores e avaliados. Um exemplo de sucesso que utilizou esse método de avaliação foi a campanha da marca de refrigerantes Schweppes. Além de métricas quantitativas e qualitativas, a ação teve como mote o reconhecimento social, ou seja, a “aprovação” não só dos gestores, mas principalmente, o reconhecimento dos companheiros de trabalho. Todas estas trocas de elogios e aprovações foram realizadas por meio de uma plataforma que computava cada registro e os convertiam em pontos, que posteriormente eram trocados por premiações.
Fonte: Equipe Editorial – WLC – World Line Commercial.

Tags: