Canal
Geral

Coca-Cola Femsa Brasil realiza ação na lagoa da Pampulha

Por: 0 25 de Setembro de 2014

No dia 20 de setembro, em comemoração ao Dia Mundial de Limpeza de Rios e Praias, cerca de mil voluntários coletaram e catalogaram 370 KG  de resíduos na orla da lagoa da Pampulha e na bacia hidrográfica do ribeirão do Onça. A mobilização, realizada pela 12ª vez pela Coca-Cola Femsa Brasil, incluiu 15 escolas de Belo Horizonte e Contagem. Todo o material coletado foi destinado à Cooperativa dos Trabalhadores com Materiais Recicláveis da Pampulha (Coomarp). No ano passado, foram recolhidos 302kg de resíduos sólidos durante o evento. Pampulha Viva_foto Divulgação Coca-Cola FEMSA Brasil 1 No total, foram 14 pontos de coleta distribuídos entre a orla, nascentes, córregos, ribeirões e lagoas da região, todos afluentes da bacia do ribeirão Pampulha. O trabalho teve início nas escolas, antes do evento, com atividades para os estudantes como palestras, visita técnica pela bacia realizada pelo CEA/Propam e oficina de Gestão de Resíduos no Centro Mineiro de Referência em Resíduos. O evento também contou com estandes de educação ambiental e atividades culturais e lúdicas, como shows e oficinas de materiais recicláveis. Para o estudante Guilherme Borges, de nove anos de idade, aluno da Escola Municipal Anne Frank, localizada no bairro Confisco, em BH, foi muito bom participar da coleta voluntária de resíduos. “Queremos, um dia, despoluir as águas dos rios para podermos nadar, pescar e beber a água da lagoa. Se a gente cuidar do meio ambiente, não jogando lixo no chão e nos rios e reciclando o material, conseguiremos fazer isso”, afirma Guilherme. Já a aluna da Escola Municipal Maria Silva Lucas, do bairro Laguna, em Contagem, Kênia Fernanda do Nascimento, de 12 anos de idade, diz que ficou muito feliz com a colaboração. “É muito bom poder ajudar a natureza. Não podemos jogar o lixo no chão e nos rios, pois isso polui nossas águas.” Pampulha Viva_foto Divulgação Coca-Cola FEMSA Brasil Na capital mineira, a iniciativa foi promovida pela Coca-Cola Femsa Brasil e coordenada pelos integrantes dos Núcleos Integrados Cascatinha, Brejinho, Engenho Nogueira e Projeto Manuelzão. Além disso, a atividade conta com o apoio de parceiros, como escolas estaduais, municipais e particulares, Propam/Consórcio de Recuperação da Bacia da Pampulha, o Subcomitê de Bacia Hidrográfica do Ribeirão Onça, prefeituras de Belo Horizonte e Contagem, Horizonte Têxtil, as padarias Ping Pão, Bonanza, Dom Quipão, Pão & Vinho e Caiçaras. De acordo com Nirma Damas, uma das coordenadoras do projeto Pampulha Viva, o trabalho desenvolvido pelos voluntários vem se aprimorando a cada ano. “Todos os participantes se empenharam muito na coleta e os professores mobilizaram seus alunos em prol da ação. É muito gratificante participar de projetos como esse, pois podemos contribuir para melhorar o nosso meio ambiente, preservar os recursos naturais e conscientizar a população sobre a destinação correta do lixo”, explica Nirma. Segundo Ana Flavia Rodrigues, gerente de Comunicação Externa e Sustentabilidade da Coca-Cola FEMSA Brasil, o objetivo da ação foi cumprido: mostrar para a população local que um ambiente melhor depende também de atitudes individuais. “A quantidade de resíduos coletada na orla da lagoa e rios foi importante para sensibilizar a população local para este tema ambiental”, declara.

Tags: