Canal
Geral

Cinemateca de Curitiba relembra grandes obras francesas

Por: 0 13 de Julho de 2015

A Cinemateca de Curitiba e o Cine Guarani (Portão Cultural) exibem de 14 a 19 de julho a mostra “Semana da França”. Para essa programação, a Coordenação de Cinema da Fundação Cultural de Curitiba reuniu filmes do acervo da Cinemateca relacionados à história e à cinematografia francesas. A entrada é gratuita. A mostra começa com o filme de Ettore Scola que faz referência à Revolução Francesa, comemorada em 14 de julho. “Casanova e a Revolução” é um retrato desse período da história sob diferentes ângulos. O elenco traz astros do cinema europeu, como Marcello Mastroianni, Hanna Schygulla, Michel Piccoli e Jean-Louis Trintignant. [caption id="attachment_474224" align="aligncenter" width="562"]Cena do filme Casanova e a Revolução. Cena do filme Casanova e a Revolução.[/caption] Fazem parte da mostra dois filmes de Jean-Luc Godard, um dos responsáveis pelo movimento da Nouvelle Vague, que influenciou o cinema mundial nos anos 60. Os dois filmes da mostra não são dessa época, mas representam o estilo e a técnica revolucionária de Godard. O primeiro é “Nouvelle Vague”, produzido em 1990, com Alain Delon, e o segundo é “Salve-se quem puder (a vida)”, com Isabelle Huppert. Filme de conotação política, “Z”, de Costa-Gavras, também está na programação. O filme (Oscar de Melhor Filme Estrangeiro de 1970)  trata da reconstituição minuciosa do assassinato do deputado Grigoris Lambrakis, vítima de uma conspiração elaborada pelo alto escalão das Forças Armadas da Grécia, em 1963. Completando a programação estão dois filmes do início da década de 1990 – “O marido da cabeleireira”, de Patrick Leconte, e “Todas as manhãs do mundo”, de Alan Corneau, com Gérard Depardieu, sobre a história do compositor Sainte-Colombe.

Tags: