Canal
Geral

Cervejaria Heineken completa dois anos no Brasil

Por: 0 31 de Maio de 2012

No mês de maio, a Cervejaria Heineken completa dois anos no Brasil  e aproveita para comunicar a ampliação da sua cervejaria em Araraquara, no Interior de São Paulo. A Unidade, que já produz as demais marcas do portfólio, passará a produzir a Heineken, cerveja Premium da marca. As obras de expansão da planta começaram em setembro de 2011 e a inauguração está prevista para agosto desse ano. Hoje, a Heineken é produzida apenas em Jacareí, também no Interior de São Paulo e, com a ampliação, a meta é dobrar o volume de produção da empresa, que chegará a 150 milhões de litros. “Somente em 2011, a cerveja cresceu 87%. A expansão na linha de produção nos permitirá continuar a crescer no mercado premium brasileiro”, afirma Chris Barrow, presidente da Heineken Brasil. Desde a aquisição da divisão de cervejas da Femsa, a companhia instalou sua sede na capital paulista, e selecionou um time de gestores de diferentes áreas que colocaram em prática estratégias para cada uma de suas marcas: Heineken, Kaiser, Bavaria, Sol, além de todo seu portfólio Premium, batizado pela cervejaria de United Beers of The World, que conta com as marcas Amstel Pulse, Birra Moretti, Edelweiss, Murphy’s Irish Stout, Murphy’s Irish Red, Sol Premium, Dos Equis e Xingu. Atualmente, a operação brasileira possui mais de 2.300 funcionários no escritório central e nas oito fábricas Heineken no País. Além de Araraquara e Jacareí, a empresa conta com unidades de produção em Cuiabá (MT), Feira de Santana (BA), Gravataí (RS), Manaus (AM), Pacatuba (CE) e Ponta Grossa (PR). Os Destaques do 2º ano da Heineken Brasil Em seu segundo ano no País, a Heineken Brasil trouxe novidades que reforçaram sua presença no mercado. O destaque foi o relançamento da marca Kaiser, no final de 2011. A marca ganhou nova identidade visual e uma forte campanha publicitária, com foco na qualidade de seus ingredientes e rigoroso processo de produção, que atende aos padrões da tradição cervejeira europeia. Além disso, foi a primeira fora da Europa a ganhar um barril com a tecnologia exclusiva de pressão, patenteada pela cervejaria. Em 2011, a marca Heineken apresentou um aumento de 87% em volume de vendas. “O crescimento considerável da Heineken no último ano confirma o destaque que obteve com os grandes patrocínios e a intensificação de sua estratégia de marketing digital”, acredita Chris Barrow. A marca trouxe pela primeira vez ao Brasil o festival Lollapalooza, e patrocinará, pela terceira vez consecutiva, o Festival SWU, que possui foco em sustentabilidade. A cerveja reforçou ainda suas campanhas de marca e é pioneira quando o assunto é inovação e novas experiências de consumo. Para o início desse ano, Heineken Brasil vem apostando na marca Bavaria, que fez um resgate em sua essência – de ser a cerveja dos amigos - e reformulou sua identidade visual e receita. Pelo quarto ano consecutivo, a marca mantém o sucesso do Circuito Bavaria, que passa por estados como São Paulo, Paraná e Minas Gerais. No último ano, o mercado brasileiro, por diversos fatores econômicos, teve uma alta na procura por produtos do segmento Premium, que representa 5% de toda indústria.  Cada vez mais, os brasileiros buscam por produtos importados e de alta qualidade. Para atender esta demanda, a Heineken lançou seu clube de rótulos Premium: Amstel Pulse, da Holanda; Birra Moretti, da Itália; Edelweiss, da Áustria; Murphy’s Irish Stout e Murphy’s Irish Red, ambas da Irlanda; Sol Premium e Dos Equis, do México e a brasileira Xingu.

Tags: