Canal
Geral

Casa Rex cria "embalagens vazias"

Por: 0 28 de Fevereiro de 2011 06:18

A Casa Rex, especializada em design gráfico, criou um conceito inovador ao desenvolver uma coleção de embalagens holográficas para a Dixie Toga — que é a maior convertedora de embalagens na América Latina —, ajudando-a a oferecer soluções holográficas diferenciadas a seus clientes. O objetivo era comercializar holografia para embalagens, para tanto, a expectativa natural era ver a criação de embalagens holográficas.

Mas, isso gerava um problema: as embalagens não vinham com produtos dentro então, por decorrência, não havia nenhum tema ou conceito que pudesse ser explorado no desenvolvimento do design. Frente a essa situação, a Casa Rex teve uma ideia original: ao invés de  produzir mock-ups que fingissem ser produtos reais (prática muito comum em indústrias de embalagens), criou a "Fantástica Coleção Holográfica de Embalagens Vazias", tornando essa "ausência de conteúdo" das embalagens o conceito central por trás da criação do projeto.

"Com embalagens ‘em crise’ por serem vazias, a se lamentarem por meio de frases como 'Oh, Deus, como sou vazia' e 'Não há nada dentro de mim', a Casa Rex mostrou a aplicação dos diferentes substratos holográficos de uma maneira pouco convencional e muito mais divertida e relevante", explica Gustavo Piqueira, diretor do projeto e à frente da Casa Rex.

Além de funcionar como uma eficiente ferramenta promocional para a Dixie Toga, a "Coleção de Embalagens Vazias" rendeu à Casa Rex mais um How International Design Awards, prêmio promovido pela revista americana HOW Magazine, que seleciona anualmente o melhor do design ao redor do mundo. Esta é a quinta vez que a Casa Rex recebe um prêmio da HOW.

Tags: