Canal
Geral

Carro sustentável é desenvolvido para catadores

Por: 0 26 de Setembro de 2013

Percebendo a situação árdua de trabalho, na cidade de Santa Cruz do Sul, o engenheiro de produçãos Jason Duani Vargas resolveu criar uma solução humana e ecológica. Trata-se de um carro híbrido movido a pedais e a eletricidade, capaz de transportar até 500 kg de material e chegar a 25 km/h, movido por uma bateria que lhe dá autonomia para cerca de 50 quilômetros. O “Cavalo de Lata” pretende substituir carroças puxadas por cavalos ou pessoas e melhorar a vida dos catadores.   [caption id="attachment_329518" align="alignnone" width="562"] Cavalo de Lata é inventado em Santa Cruz do Sul (Foto: From revistapgn.globo.br)[/caption] Jason explica que a ideia surgiu em janeiro de 2011, e no final do mesmo ano foi criado o primeiro modelo do Cavalo de Lata. “Conversando com membros da Cooperativa de Catadores da cidade, percebi que precisava fazer melhorias, como colocar iluminação e aumentar a capacidade de carga, que era de 300 kg”. O segundo modelo foi lançado há um mês, apresentado à cooperativa e aprovado pelos catadores. Agora, o plano é começar a produzir o produto em escala comercial, o que deve ocorrer nos próximos meses. Jason fala sobre a produção. “Temos recebido muitas encomendas, e a ideia é fabricarmos cerca de 20 unidades por mês no início”. Segundo o inventor da ideia, não são apenas cooperativas de catadores que estão interessadas no carrinho, mas também outros setores, como funerárias e vendedores de cachorro-quente, de diversas cidades do País. Com investimento até aqui de R$ 70 mil, na compra de peças e no desenvolvimento da tecnologia, Jason terceiriza a metalúrgica para produzir o veículo, mas, em breve, se a demanda for alta, pretende construir a própria fábrica. “Consideramos que os catadores de lixo fazem um trabalho essencial para nossa sociedade e é importante tornarmos o trabalho deles mais humano”, afirmou. Fonte: Daniel Waismann.

Tags: