Canal
Geral

Cannes 2010: como os brasileiros se sairam em Promo

Por: 0 3 de Junho de 2011

Está começando a cobertura do Promoview sobre Promo & Activation em Cannes 2011. Novamente estaremos no Palais trazendo tudo sobre a premiação promo. E para começar você pode acessar o Promoviewer para curtir a entrevista que o Kito Mansano e o Alemão, da Rock, deram ao Multishow, inclusive analisando o ganhador do último Grand Prix. A participação dos brasileiros em Promo deixou a desejar em 2010. Uma agência sediada no Brasil trouxe leões este ano. De fato não podemos classificá-la como brasileira. Ogilvy é um grande grupo internacional com escritório no Brasil. Mas valeu pelos três bronzes conquistados. Mesmo a W, que chegou a emplacar o case Braskem F1 Trophy no shortlist já não tinha controle nacional á época em que foram divulgado os resultados já que Washington Olivetto havia vendido o controle do seu negócio. Fica a esperança de que este ano alguma agência 100% nacional volte a trazer Leões que deem orgulho por serem genuinamente brasileiros, como fez a Bullet em 2007 com o memorável iPod no Palito. Por sinal, Fernando Figueiredo, presidente da agência, será o jurado brasiliero neste ano de 2011 O Promo & Activation Lions 2010 distribuiu 55 Leões. Foram nove de Ouro, incluindo o vencedor do Grand Prix, 20 de Prata e 26 de Bronze. Os Estados Unidos foram o país mais premiado em Promo & Activation, com oito Leões. A Austrália ganhou seis; a Suécia, cinco; Itália e Holanda, quatro; Brasil, Reino Unido, Alemanha e Espanha, três; Japão, Nova Zelândia, China e Argentina, dois; enquanto Finlândia, Índia, República Dominicana, México, Áustria e Hong Kong levaram um Leão cada. Cinco cases brasileiros entraram no short list, aquela listinha que sai após o julgamento da totalidade de trabalhos inscritos em Promo de Promo & Activation em 2010: Ogilvy com o "Conta de $73.000" (em três categorias) e Whooper Face, além da W (à época /Brasil) com Braskem F1 Trophy. A Ogilvy Brasil conquistou três Leões de Bronze . A ação " Conta de R$ 73 mil", realizada no Bar Aurora e no Boteco Ferraz, conquistou dois Leões, um na categoria "Promoção em ambiente com pequena escala" - já que foi realizada apenas por uma noite em cada um dos locais - e outro, na categoria "Caridade, saúde e segurança públicas e mensagens de interesse público". O terceiro Leão de Bronze da Ogilvy Brasil foi para a ação Whooper Face, desenvolvida para Burger King.

[caption id="attachment_62833" align="aligncenter" width="560" caption=""Face on the pack", da Ogilvy, ganha Leão de Bronze em Cannes."][/caption] Event & Field marketing: BR - "F1 Trophy" - Braskem - Agência W/SP Ambient Promo: BR - "Bar Chain" - Bar Aurora/ Boteco, Conta de $73.000 - Ogilvy SP Best use of merchandise: BR - "Whooper Face" - Burger King - Ogilvy SP Retail & e-commerce: BR - "Bar Chain" - Bar Aurora/ Boteco, Conta de $73.000 - Ogilvy SP Public Awareness Messages: BR - "Bar Chain" - Bar Aurora/ Boteco, Conta de $73.000 - Ogilvy SP

[caption id="attachment_62835" align="aligncenter" width="560" caption="Ação da Braskem no short list de Cannes."][/caption] O Brasil ficou em 10º lugar entre os países com mais jobs no short list. As agências norte-americanas emplacaram o maior número de finalistas em Promo & Activation. No total, foram 21 trabalhos que concorreram a Leão em Promo. Em segundo lugar vem a Austrália, com 16 trabalhos no short list. Suécia (11), Alemanha (10) e Reino Unido (9) completam o ranking dos cinco primeiros colocados. No ano passado, os EUA não colocaram nenhum trabalho na categoria. Ao contrário da Austrália, que foi o país mais premiado em Promo no Festival de Cannes de 2009, com 11 Leões.

Tags: