Canal
Geral

Brinde chama a atenção para direitos humanos

Por: 0 8 de Julho de 2011

SWEAT (Sex Workers Education and Advocacy Taskforce) é uma organização que trabalha para garantir que os direitos dos "profissionais do sexo" sejam defendidos, especialmente as mulheres. Recentemente a ONG está liderando um movimento para garantir a descriminalização destes profissionais na África do Sul. A ONG parte do princípio de que descriminalizar é uma questão de direitos humanos. A atividade da organização, no entanto, visa retirar o status ilegal desta atividade, já que estes profissionais são constantemente abusados e não têm qualquer amparo da justiça. De fato o que se busca é dar a estes indivíduos os mesmos direitos básicos e garantir-lhes proteção legal, como já acontece em vários países do mundo. Para chamar a atenção à causa, foram desenvolvidos brindes bastante originais, utilizando como base a figura das bonecas russas que encaixam-se umas dentro das outras. Além da distribuição para a população, através de marketing direto, as peças foram enviadas também para formadores de opinião. As bonequinhas chamam a atenção para o fato de que independente da natureza do trabalho destas pessoas e do rótulo que elas recebam, todas são seres humanos assim como os demais mortais. Mais: muitas são mães, filhas e esposas. A primeira bonequinha possui escrita em torno do pescoço a palavra “Whore” (prostituta). A medida que vão-se abrindo as demais bonecas, cada uma possui uma variação da mesma palavra, como “Slut” e “Prossie”. A seguir aos sinônimos mais comuns, vem a palavra "Mother” (mãe) e após “Human” (humano), ilustrada de forma a representar a pureza. A ideia foi concebida pela TBWA, em Johanesburgo.

Tags: