Canal
Geral

BRF Food Services apresenta ganhador do Chef do Futuro

Por: 0 21 de Novembro de 2014

A BRF Food Services, divisão da BRF dedicada a criar produtos e soluções para o mercado de alimentação fora do lar, realizou a segunda edição do "Chef do Futuro". O concurso, que apresentou uma nova oportunidade de carreira para estudantes de Gastronomia no universo food services, passou a ser nacional e teve como grande prêmio uma viagem com todas as despesas pagas para a Le Cordon Bleu de Paris. Em 2013 foi feito o projeto piloto com algumas universidades de São Paulo e o número de inscritos foi surpreendente. Para a segunda edição, foi ampliada a dimensão do projeto, gerando oportunidade para todos os alunos do Brasil.

Fotos: Divulgação.
concurso chef brf 1Etapas do Concurso Os projetos inscritos deviam se enquadrar em uma das categorias contidas no regulamento. O canal Chef TV do YouTube disponibilizou vídeos sobre os bastidores da área de food services da BRF, mostrando a atuação de um chef dentro da indústria e esclarecendo dúvidas sobre a competição. Uma comissão, formada por profissionais da BRF e convidados, selecionou seis projetos entre os inscritos. Na segunda etapa do concurso, cada aluno escolhido recebeu a tutoria de um dos chefs da empresa e passou pela Academia BRF, uma semana de treinamentos teóricos e práticos sobre o mercado de food services - conhecimento que foi usado no aprimoramento do projeto. O grande vencedor terá a oportunidade de viver uma experiência de três meses na BRF, interagindo com profissionais de diversas áreas da companhia, além de ganhar uma viagem a Paris para estudar em uma das mais renomadas escolas de gastronomia do mundo, a Le Cordon. A Vencedora Nessa segunda edição a vencedora foi Karen Reis Ribeiro, de Ribeirão Preto (SP). Ela tem 27 anos de idade e desenvolveu o projeto chamado: Fio de Bacon. concurso chef brf 2“A ideia de criar o Fio Comestível sabor Bacon surgiu numa aula de desossa e recheio de frango durante o curso de Gastronomia na faculdade. O fechamento do frango foi realizado com barbante, o que não costuma ser muito simples para cozinheiros com menor experiência. Dentre as dificuldades encontradas nesse processo, destaco a questão da apresentação final do prato, que poderia ser prejudicada pelo manuseio inadequado do barbante. Além disso, aqueles que degustam um prato desse tipo correm o risco de encontrar partes do barbante ainda na carne, precisando dispor de atenção maior para não ingeri-lo. Desse modo, pensei em criar um fio definitivo comestível que fizesse parte do prato, o que facilitaria a maneira de como amarrar e costurar carnes, bem como tornaria mais prazerosa e fácil sua degustação. O bacon, utilizado como matéria-prima foi minha primeira opção, pois seu sabor harmoniza muito bem com vários tipos de carnes, além de agradar os mais diversos paladares.”   banner outpromo  

Tags: