Canal
Geral

Braskem patrocina "Brasil Sorridente"

Por: 0 14 de Dezembro de 2010

As férias escolares chegaram e com elas a ansiedade da criançada por atividades diferentes e divertidas para aproveitar a merecida folga e gastar energia. Neste período os pais se desdobram para entreter os filhos e, às vezes falta criatividade. Entre os dias 14 a 19/12, os paulistanos terão uma boa opção para um programa de férias: o Parque Villa Lobos recebe o projeto de cinema itinerante Brasil Sorridente, uma verdadeira sala de cinema sobre quatro rodas. Serão seis dias de cinema de graça, com direito a pipoca e refrigerante.

Em cartaz, filmes que a galerinha adora como Carros, Toy Story (I), Tinkerbell (I), Hanna Montana - O Filme, Piratas do Caribe - A maldição do Pérola Negra, Os Feiticeiros de Waverly Place, As Crônicas de Nárnia - O Leão, a feiticeira e o guarda-roupa, Coletânea clássicos Disney, Coletânea Disney Pixar e Coletânea Clássicos do Mickey. Tem sessões às 9h, 11h, 13, 15h e 17h. Os adultos não ficam de fora, tem bom filme para todas as idades. Obras nacionais de grande sucesso como A Grande Família - O Filme, Os Normais - O Filme, Casseta e Planeta - Seus Problemas Acabaram também estão na grade de exibições. O Brasil Sorridente, idealizado pela DNA Filmes e uma iniciativa inédita para a promoção da cultura e da saúde no País. Patrocinado pela Braskem, com o apoio da Sanifill, o projeto já passou por Paulínia, Hortolândia, Mauá, Santo André. Todos que participarem do projeto receberão ao final de cada sessão escovas dentais, cortesia da empresa parceria para que o brasileiro cuide melhor do sorriso.

Com a chegada a capital paulista, o projeto completa 380 quilômetros rodados abordando a importância da saúde bucal. De acordo com uma pesquisa do IBGE, ainda é grande a parcela de brasileiros que nunca foi ao dentista: 15,9% da população. O primeiro levantamento nacional de saúde bucal, realizado pelo Ministério da Saúde, publicado em 2004, revela também que 45% dos brasileiros não têm acesso regular à escova de dente e 20% já perderam todos os dentes. Quase 27% das crianças de 18 a 36 meses apresentam pelo menos um dente com cárie e a proporção chega a quase 60% das crianças de 5 anos de idade.

Com a chegada a capital paulista, o projeto completa 380 quilômetros rodados abordando a importância da saúde bucal. De acordo com uma pesquisa do IBGE, ainda é grande a parcela de brasileiros que nunca foi ao dentista: 15,9% da população. O primeiro levantamento nacional de saúde bucal, realizado pelo Ministério da Saúde, publicado em 2004, revela também que 45% dos brasileiros não têm acesso regular à escova de dente e 20% já perderam todos os dentes. Quase 27% das crianças de 18 a 36 meses apresentam pelo menos um dente com cárie e a proporção chega a quase 60% das crianças de 5 anos de idade. Os números justificam, por si, o fomento do maior número possível de ações que possam contribuir, de alguma maneira, com a melhoria da saúde bucal da população. “O Brasil Sorridente é de grande importância para as crianças, seus pais e educadores. A educação em saúde bucal não é só importante na prevenção das doenças cárie e periodontal, mas também na prevenção da perda precoce na dentição de leite. A perda destes dentes leva a problemas mastigatórios, perda de espaço com comprometimento ortodôntico, alteração da fonética e problemas psicológicos afetando a qualidade de vida da criança”, afirma a Dra. Maria Salete Nahás Pires Corrêa, odontopediatra, professora livre docente pela Universidade de São Paulo (USP), responsável pelas orientações de como cuidar dos dentes em um vídeo de seis minutos exibidos antes de cada sessão. A carreta móvel do Brasil Sorridente é equipada com um auditório com capacidade para 82 lugares e reproduz uma perfeita sala de cinema com ar condicionado, som e vídeo digitais, banheiro químico, gerador de energia, pipoqueira, saídas de emergência e acesso para pessoas portadoras de necessidades especiais. “O projeto Brasil Sorridente foi pensado para encurtar a distância entre a população e a produção cinematográfica, mas queríamos mais. Queríamos que esta população pudesse acessar também informações importantes sobre saúde bucal”, afirma Jorge Muzy, idealizador do projeto. As exibições e ações educativas acontecerão em locais com capacidade para absorver grande quantidade de espectadores e contarão com uma estrutura completa de projeção. “Nosso objetivo é que o projeto não apenas passe pelas cidades, mas que deixe um legado educacional para a população local, especialmente para as crianças”, afirma. Gostou deste projeto? Comente.

Tags: