Canal
Geral

Brasília é sede de seletiva de projetos em cenografia

Por: 0 21 de Janeiro de 2015

Brasília vai sediar entre 3 e 7 de fevereiro, a seletiva nacional de projetos de estudantes de cenografia. Os escolhidos terão a oportunidade de disputar um evento internacional com os mais importantes cenógrafos do mundo, previsto para acontecer em junho, em Praga, na República Tcheca. Ao todo, 68 projetos vão disputar a seletiva, que ocorre pela primeira vez fora do eixo Rio-São Paulo. O evento internacional reúne trabalhos de 60 países. Os trabalhos vieram de 15 escolas de todo o País que têm disciplinas envolvendo cenografia. Segundo ocenógrafo Guto Viscardi, o mercado é amplo e em crescimento. Ele trabalha na área há 15 anos e foi um dos orientadores do projeto.

Foto: Reprodução/Google.
mostra-cenografia-brasilia “Ela é ampla sim. Você tem não só teatro, dança, cinema. mas tem comercial, eventos, shows.”, diz Viscardi. “Eu entrei, principalmente, para os alunos que não eram da área de teatro entenderem que eles estavam fazendo e para que eles estavam fazendo, o que quer dizer essa linguagem cênica.” Com tema livre, mas focado na política, os estudantes buscaram inspiração em poemas e peças de teatro. O arquiteto Eric Costa ajudou aos alunos da UnB na elaboração do caderno. A ideia é contar a história de um rei solitário dentro do castelo. Fotos mostram todo processo de produção. Os botões servem para ouvir o texto gravado pelo grupo. “Uma proposta de um teatro sonoro. Onde você pudesse levar para qualquer lugar. Onde a pessoa pudesse ouvir em qualquer lugar”, diz o arquiteto, que afirma também que o projeto tem interatividade. “A pessoa vai poder deixar um pedacinho dela porque ela vai poder cantar o ‘Eu te amo’, do Roberto Carlos e do Erasmo Carlos. Campanha A UnB deu apoio para realizar o evento oferecendo espaço e deslocamento do júri que vem de outros Estados. O dinheiro para outras despesas, porém, não foi arrecadado. Os recursos do Fundo de Apoio à Pesquisa da Secretaria de Cultura não viera. O edital foi cancelado em outubro passado. Sem apoio oficial, pesquisadores do laboratório de cenografia da UnB lançaram uma campanha para arrecadar dinheiro e garantir a escolha dos artistas brasileiros. A falta de verba motivou a criação de uma campanha na internet, para ajudar na realização da mostra, que ocorre a cada quatro anos. O dinheiro também pretende ajudar na realização de palestras, workshops e uma exposição. São esperadas duas mil pessoas em cinco dias de evento. O vídeo disponível na página da internet tem duração de três minutos e as doações são a partir de R$ 30,00. “Esse dinheiro é aquilo que a gente não conseguiu pagar serviço, material, equipamento, aluguel de equipamentos essa coisas que vamos precisar”, afirma a curadora da mostram Sônia Paiva. “Isso é um esforço de ampliar esse mercado. Olhar o que estamos fazendo porque senão a gente sempre acha que só se faz cenário em São Paulo e Rio.”, diz Sônia.

Tags: