Canal
Geral

Brasil volta a integrar o calendário da Fórmula Indy

Por: 0 22 de Setembro de 2014

Após hiato de um ano, o Brasil voltará a integrar o calendário da Fórmula Indy em 2015. Desta vez, a novidade fica por conta do palco escolhido para receber a corrida do dia 08 de março: o Autódromo Internacional Nelson Piquet, em Brasília, localizado ao lado do estádio Mané Garrincha. Em suas passagens anteriores pelo país, a categoria teve provas disputadas no Rio de Janeiro (de 1996 a 2000) e em São Paulo (de 2010 a 2013). Para o secretário de Turismo e Projetos Especiais do Distrito Federal, Claudio Monteiro, o evento servirá para colocar a capital federal em posição de destaque no cenário esportivo.

Foto: Dario Franchitti.
[caption id="attachment_421173" align="aligncenter" width="560"]2012 IndyCar Milwaukee Fórmula Indy 2012.[/caption]

"A Fórmula Indy no Rio e em São Paulo era apenas mais um entre tantos eventos. Em Brasília, será "o evento". A nossa perspectiva é quebrar recordes de público e ter uma ampla participação de torcedores brasileiros e estrangeiros.", explica Monteiro. "O objetivo é mostrar o potencial de turismo da capital federal por meio do esporte. Brasília é um museu a céu aberto, tem um patrimônio arquitetônico maravilhoso, mas o esporte é uma força que pode ajudar a movimentar a economia.", complementa o secretário. "Cerca de 30% do turismo vêm dos grandes eventos. Sabemos das belezas do Rio e do poder econômico de São Paulo, mas Brasília quer se consolidar como palco de grandes eventos esportivos.", "finaliza. Nos últimos anos, o autódromo que leva o nome do tricampeão Nelson Piquet tem sido motivo de queixas de dirigentes e pilotos brasileiros, por apresentar inúmeras falhas estruturais na pista e problemas de segurança. Para promover uma ampla reforma e deixar a pista apta para receber a etapa da Fórmula Indy, o governo do Distrito Federal deverá gastar cerca de R$ 300 milhões. As obras começarão ainda este ano e serão divididas em duas etapas, com duração total de três anos. A primeira parte terá o objetivo de preparar a pista para o evento do ano que vem e será concluída em três meses. Seis arquibancadas temporárias são montadas para receber a Indy, que terá público estimado em 80 mil pessoas. O calendário oficial da temporada 2015 ainda não foi divulgado. Neste ano, o campeonato começou com o GP de St. Petersburg, no dia 30 de março. Então, há a possibilidade de Brasília abrir a disputa. Inaugurado em 1973 e administrado pelo tricampeão de F-1 desde 1996, o Autódromo Internacional Nelson Piquet também é cotado para receber uma etapa do Mundial de Motovelocidade. A corrida no Brasil chegou a ser anunciada para a temporada 2014, mas acabou cancelada por causa da situação precária do circuito.
Fonte: Túlio Moreira/Globo Esporte.

Tags: