Canal
Geral

Brasil Móveis 2011 mobiliza setor moveleiro nacional

Por: 0 2 de Maio de 2011

O setor moveleiro nacional terá, no segundo semestre deste ano, mais um grande encontro de negócios cujas projeções de sucesso têm o aval de uma das mais representativas entidades do setor, a Movergs. A Associação das Indústrias de Móveis do Estado do Rio Grande do Sul vem intensificando as atividades de organização e promoção da Brasil Móveis 2011, feira sucessora do Salão Abimóvel, que ocorrerá entre os dias de 09 e 12/08, no Anhembi, em São Paulo. A pouco mais de três meses do evento, 70% da feira está praticamente comercializada: 30% dos espaços já contam com contratos assinados e outros 40% encontram-se em fase final de negociação. A projeção é que a Brasil Móveis ocupe uma área de aproximadamente 25.000 m² com expositores de alto nível e comprometidos, de fato, em apresentar novidades e concretizar bons negócios.

A ideia é gerar oportunidades e alternativas de crescimento para toda a cadeia produtiva nacional. Uma série de encontros em diversos pontos do País já foi realizada para divulgar e promover a feira. A mobilização serviu para integrar ao comitê organizador representantes de diferentes polos moveleiros nacionais. Aliado aos esforços de todo o setor, a feira conta com um time de patrocinadores reconhecidos por firmarem permanentes parcerias de sucesso. Duratex, Sayerlack, Revista Móbile e Sebrae juntam-se à Movergs e a Múltiplus no trabalho de construção do sucesso da Brasil Móveis. O rol de apoiadores tem o reforço da Abimóvel e do Anhembi Parque. União como estratégia para fortalecer A união de esforços é uma das estratégias para garantir o sucesso da Brasil Móveis – envolvendo todo o segmento na preservação dos interesses das indústrias e buscando a manutenção da competitividade de seus negócios. Outra é a mobilização coletiva do setor moveleiro. Ivo Cansan, presidente da Movergs e da comissão responsável pela organização da edição 2011 do encontro, sinaliza a soma de forças como ferramenta para consolidar a representatividade de uma feira cujo novo formato está concebido para fortalecer coletivamente o setor. “A Brasil Móveis vem para gerar oportunidades de negócio e alternativas de crescimento para toda a cadeia produtiva nacional. Portanto, é imprescindível que haja esse estreitamento de contato com os pólos e entidades. A feira é o momento certo para todos os moveleiros mostrarem a grandiosidade e a força da cadeia produtiva moveleira nacional. Só assim, por intermédio da união e trabalhando em prol do todo, exibiremos nossa representatividade.”

Tags: