Canal
Geral

Brasil é um dos países que mais realizou eventos de negócios

Por: 0 22 de Outubro de 2011

Estudo divulgado recentemente pela Associação Internacional de Congressos e Convenções (Icca, na sigla em inglês) mostra que, no ano passado, o Brasil foi o nono país que mais recebeu eventos internacionais. Com 275 feiras ou congressos, o País se manteve pelo quinto ano consecutivo entre os dez principais destinos para a realização desse tipo de manifestação. Em 2003, ocupava a 21ª posição.

Na distribuição continental, o Brasil manteve a liderança na América do Sul e o segundo posto nas Américas, superado apenas pelos Estados Unidos. No ranking das cidades, São Paulo mantém-se em primeiro lugar, com 75 eventos. Sete outros destinos brasileiros ficam entre os 50 mais atrativos (Rio de Janeiro, Brasília, Florianópolis, Porto Alegre, Foz do Iguaçu, Belo Horizonte e Salvador) nas Américas. [caption id="attachment_151465" align="alignleft" width="227" caption="José Francisco Lopez."][/caption] Segundo dados do Ministério do Turismo, o Brasil recebe uma média de 5,2 milhões turistas estrangeiros por ano. Destes, 1,2 mil vêm com o intuito de realizar negócios. "Esse turista é mais qualificado, e os que mais gastam, numa média de US$ 119,38 diários por pessoa", diz José Francisco Lopez, diretor do departamento de pesquisas do Ministério do Turismo. A importância desse segmento é grande: somente as feiras movimentaram R$ 3,4 bilhões em 2010, segundo a União Brasileira dos Produtores de Feiras (Ubrafe). Ainda segundo a Ubrafe, o mercado brasileiro de feiras de negócios sextuplicou nos últimos 19 anos. Exemplo: 7,5 mil empresas participaram de feiras em 1992; este ano, 43 mil já participaram. Estar no primeiro lugar no ranking no turismo de negócios significa dizer que São Paulo concentra 75% do mercado de feiras. A oferta diária é 270 mil m² em área em pavilhões e 200 mil m² em centros de convenções - além de espaços para eventos em hotéis. [caption id="attachment_151466" align="alignleft" width="560" caption="Última edição do Salão do Automóvel de SP."][/caption] Em 2011, os setores que mais realizaram eventos em São Paulo foram a indústria de alimentos e bebidas e medicina. O Salão do Automóvel de São Paulo é um dos eventos de nível internacional que mais tem visibilidade no País e no Exterior. O encontro ocorre a cada dois anos desde 1960. Nele, são expostas as principais novidades do mundo automobilístico - de carros, protótipos a equipamentos de som. No ano passado, na 26ª edição, mais de 600 mil pessoas prestigiaram o evento. Os números do turismo de negócios em São Paulo, juntamente com os outros tipos de turismos, refletem diretamente na rede hoteleira da cidade. A ocupação dos hotéis paulistanos no primeiro semestre deste ano foi, em média, de 69,3% - o maior índice nos últimos seis anos. Fonte: Portal Rio Negócios.

Tags: