Canal
Geral

Belo Horizonte recebe pela primeira vez a Virada Cultural

Por: 0 23 de Agosto de 2013

Vinte e quatro horas, ininterruptas, de programação artística e cultural nas mais diversas áreas: música, teatro, dança, circo, filmes, literatura, artes plásticas, moda, gastronomia, dentre outras. Esta é a proposta da Virada Cultural, um circuito que irá reunir o melhor dos artistas mineiros em Belo Horizonte de 14 a 15/09 a partir das 17h. O evento, inspirado na Nuit Blanche de Paris - que agita anualmente a madrugada da capital francesa com atrações prioritariamente de artes visuais - foi adotado e ampliado por São Paulo há nove anos, com outro nome, envolvendo outros gêneros artísticos e novos conceitos. Desde então, tem ganhado adesão em várias Capitais do País. Em sua primeira edição, a Virada traz à tona conceitos que já estão sendo amplamente discutidos e apropriados pela cidade: uso do espaço público, sustentabilidade, criatividade, interatividade, mobilidade, diversidade, horizontalidade, novas vivências. Seguindo a proposta da Lei 10.446/2012, que cria a Virada Cultural, e associada a uma diretriz da política de atuação da Fundação Municipal de Cultura e do Conselho Municipal de Cultura, o encontro irá valorizar os artistas locais e sua pluralidade de expressões e gêneros artísticos. Ações descentralizadas irão ocorrer em várias regiões da cidade, nos 15 centros culturais e demais equipamentos da FMC, tendo como eixo condutor a Praça da Estação, a rua da Bahia e a Praça da Liberdade. A programação da Virada terá artistas selecionados, artistas convidados, projetos aprovados da Lei Municipal de Incentivo à Cultura, programação associada em teatros, museus e centros culturais e cinemas espalhados pela cidade. Os projetos, ações e atividades inscritas pelo site serão avaliados e selecionados por uma comissão paritária formada por representantes da sociedade civil e membros do poder público que irá avaliar a proposta artística, assim como sua viabilidade técnica para a composição da programação oficial. A Esquina Vira Cultura É natural das “Viradas Culturais” a ocupação espontânea de artistas individuais ou de pequenos grupos no circuito. Aqueles que não se inscreverem ou não forem selecionados pela comissão também terão como participar no circuito do evento. Algumas esquinas da cidade, localizadas dentro do circuito, terão pequenos espaços que estarão à disposição daquelas pessoas que quiserem manifestar sua arte.

Tags: