Canal
Geral

Bayern de Munique amplia capacidade da Allianz Arena

Por: 0 13 de Agosto de 2014

O Bayern de Munique apresentou no dia 09 de agosto o seu elenco para a disputa da próxima temporada, mas esta não será sua única novidade. Atendendo a um antigo pedido dos seus torcedores, o gigante bávaro adicionou 4,9 mil novos lugares ao Allianz Arena. São 2.200 cadeiras removíveis e mais 2,7 mil lugares espalhados em toda Allianz Arena, ampliando a capacidade total do estádio para 75 mil espectadores. Como a Uefa não admite que torcedores fiquem em pé durante as partidas, para a Champions League, os novos assentos não poderão ser utilizados. A ampliação deve aumentar sensivelmente as receitas com matchday do Bayern de Munique, que segundo dados da Deloitte Football Money 2014, alcançou € 87.1 milhões na última temporada.

Foto: Divulgação.
allianz-ampliacaoA região onde mais ocorreu modificações foi atrás de um dos gols, onde ficam postados os membros da torcida organizada Sudkurve, a principal da equipe. No local, 2.200 novos assentos removíveis foram dispostos. Ou seja, os fãs seguirão acompanhando o jogo de pé, como de praxe. Outras 2.700 acomodações foram dispostas pelo restante do estádio, que terá sua capacidade geral reduzida para 69.344 durante os compromissos válidos pela Liga dos Campeões da Europa, mediante exigências de segurança da Uefa. "Poderíamos ter vendido 300 mil bilhetes para o jogo contra o Borussia Dortmund. É uma cifra gigantesca. Fora de casa, recebemos 42 mil pedidos contra o Padeborn e 85 mil também contra o Dortmund", disse Jan-Christian Dreesen, dirigente do Bayern, que fez questão de expor os pedidos de ingressos da partida com menos interesse no Campeonato Alemão: 120 mil.

Inovação

O clube de Munique também criou uma dinâmica para autorizar seus torcedores a revenderem os carnês para as temporadas, pelo preço real. Todavia, quem não puder ir ao espetáculo e cobrar um valor muito acima do normal acabará excluído do quadro associativo. "Nesse momento o ingresso dura em média um minuto e dez segundos em nosso sistema", encerrou Dreesen.

 

 

Tags: