Canal
Geral

Ballantine's recria pescador chinês e sua lanterna

Por: 0 2 de Julho de 2015

Como parte das colaborações com artistas e talentos globais que definem o projeto 'Stay True’, o uísque escocês Ballantine’s e o fotógrafo Benjamin Von Wong produziram um experimento único de fotografia para recriar, a mais de 30 metros de profundidade em cavernas submersas por água no México, um dos mais expressivos símbolos da tradição chinesa: o pescador chinês e sua lanterna. O documentário ‘Ballantine’s Presents Benjamin Von Wong’s Underwater River’ é o quarto de uma série realizada entre a marca e outros artistas pelo mundo que trazem histórias pessoais exibidas de maneira surpreendente. Ballantine'sColaborações anteriores incluem o projeto GIF-iti espacial de INS, o maior gif animado do mundo, instalado no Rio de Janeiro, que foi visto mais de 5,8 milhões de vezes, além do ‘Human Orchestra’, idealizado pelo DJ e produtor da África, Black Coffee. "Desde a primeira conversa que tivemos com Benjamin estava claro que esta seria uma colaboração verdadeiramente especial, sobretudo pelo fato de ele conseguir simbolizar exatamente o significado do nosso mantra 'Stay True' para si mesmo, por meio de suas paixões e valores. Para que isso fosse possível, esta colaboração envolveu não apenas o Benjamin, mas também uma das melhores equipes que já trabalhamos até o momento. Esperamos que o filme ajude a inspirar outras pessoas ao redor o mundo.” explica Peter Moore, diretor da Ballantine’s. Em maio, Benjamin e uma equipe de 35 profissionais composta por cineastas e mergulhadores viajaram até Tulum no México, onde se depararam com buracos gigantes na selva ligados por cavernas subterrâneas, expondo sistemas de águas que os maias acreditavam ser a entrada para o antigo submundo - na península mexicana de Yucatán. A uma profundidade de 30 metros, uma camada natural de sulfeto de hidrogênio leitoso branco repousa acima de um afloramento rochoso, criando a ilusão de um 'rio subaquático', paisagem completada por um cenário natural de árvores. Inspirado por este fenômeno natural e para celebrar seus antepassados chineses, suas crenças e paixão profunda pela experimentação, Benjamin começou a trabalhar com Ballantine’s para produzir algo que parecia aparentemente impossível e o maior projeto da carreira do artista: recriar a imagem do Pescador chinês e sua lanterna, um patrimônio cultural do país que está se perdendo. “O processo e os imensos desafios da criação de imagens que fazem as pessoas se perguntarem “como?” e “por quê?" são até mais importantes que a própria foto. Eu quero que elas sejam inspiradas a questionar o que estão vendo. Ter a possibilidade de tentar algo tão louco e trabalhar com pessoas tão talentosas para que isso acontecesse foi realmente uma grande experiência.” conta Benjamin.  

Tags: