Canal
Geral

Audi reforça apoio à vela jovem do YCSA

Por: 0 20 de Janeiro de 2015

A história da vela, terceira modalidade que mais rendeu medalhas ao Brasil em Jogos Olímpicos, passa diretamente pelo Yacht Club Santo Amaro (YCSA), clube tradicional na revelação e formação de velejadores. Desde março de 2014, a missão de assegurar o futuro da vela no País foi reforçada com a criação do Audi YCSA Sailing Team. A evolução do trabalho levou o presidente e CEO da Audi do Brasil, Jörg Hofmann, idealizador da parceria, e o vice-presidente mundial de vendas e marketing da Audi AG, Luca de De Meo, a visitar o clube da Represa Guarapiranga  e constatar a eficiência do projeto.

Fotos: ZDL/Divulgação.
[caption id="attachment_443744" align="alignnone" width="560"]Café dos campeões. Café dos campeões.[/caption] Jörg e Luca foram recebidos pelo embaixador da Audi no Brasil e associado do YCSA, Robert Scheidt, dono de cinco medalhas olímpicas e 14 títulos mundiais entre as classes Laser e Star. Os velejadores Martin Lowy, em campanha olímpica na classe Nacra 17, com Adriana Overgoor, e Nicolas Garcia, da classe Laser, presentearam os executivos da Audi com flâmulas do YCSA e uniformes do Audi YCSA Sailing Team, enquanto o gerente geral do clube, Marcos Biekarck, e o diretor de vela, Maurizio Mazzaferro, apresentaram os principais pontos do projeto. Barcos das classes de base: 420, Optimist, Laser, Byte e 29er, foram expostos e vistoriados por Jörg e Luca no gramado junto ao pier. Gerente-geral do YCSA, além de velejador, Marcos Biekarck comemorou os objetivos atingidos antes do fechamento do primeiro ano da parceria. [caption id="attachment_443746" align="alignnone" width="560"]Marcos e Maurizio. Marcos e Maurizio.[/caption] "Cumprimos a meta de formar uma equipe forte nas classes de base da vela. Não é fácil juntar crianças e adolescentes para montar um time de forma organizada, mas os atletas logo perceberam os benefícios trazidos pelo projeto e fizeram a parte deles. Assumiram o compromisso com a Audi e com o clube e hoje todos estão cientes de suas responsabilidades, o que facilitou nosso trabalho.", afirma Biekarck. Recursos, Motivação e Disciplina  Maurizio, pai de três velejadores, Claudia, Carlo e Stefano, que correram o mundo representando o YCSA e conquistando títulos em classes como Laser e Optimist, vê o apoio da Audi sob três aspectos: recursos mais agressivos que impactam em resultados; motivação para as crianças que se sentem parte de um time forte e organizado; além da disciplina adquirida no esporte e que em breve poderá ser transferida para a vida profissional. "Quando eles recebem o uniforme com o logo da Audi percebem que estão representando um clube e uma empresa de muita credibilidade no esporte", observou Maurizio, lembrando que a Audi também patrocina as equipes olímpicas de vela de Alemanha e Austrália. [caption id="attachment_443745" align="alignnone" width="560"]Alex e Robert. Alex e Robert.[/caption] O Audi YCSA Sailing Team conta com cerca de 40 velejadores e técnicos específicos para cada uma das classes. O head coach (técnico geral) do time é o maior medalhista da vela brasileira em Jogos Pan-americanos, Claudio Biekarck, o Claus. Além do aporte em recursos humanos, a parceria possibilita ao YCSA, a aquisição de barcos, velas e equipamentos novos, assim como a viabilização de viagens para as principais regatas no País e no Exterior. Palavra de Bicampeão Após passar várias informações e ser elogiado por Luca de Meo, Robert Scheidt, sempre solicito, conversou com os velejadores Martin e Nicolas, que acabaram de entrar na faculdade. Ambos vão fazer Administração na ESPM, mesma disciplina que Robert cursou no Mackenzie. "Eles terão de conciliar o estudo com a vela até o momento em que tiverem de priorizar um dos dois. Com certeza gostam mais de velejar, mas é preciso garantir o futuro", aconselhou Robert. Em relação à Audi, Robert tem plana consciência do que significa um patrocínio esportivo de alto rendimento. "É importantíssimo ter a parceria, principalmente de uma empresa de tradição e que, ao mesmo tempo, dedica-se à vela olímpica e à base da modalidade. O projeto é inédito em um clube da represa (Guarapiranga). Os atletas precisam ter consciência desse valor para manter o apoio por muitos anos", recomendou Robert. [caption id="attachment_443742" align="alignnone" width="560"]Nicolas, Alex e Martin. Nicolas, Alex e Martin.[/caption] Em café da manhã de campeões olímpicos do YCSA, Alex Welter (ouro na classe Tornado nos Jogos de 1980, em Moscou) sentou-se à mesa com Robert, Martin e Nicolas. Ídolo declarado de Robert, Alex expressou a vontade de ver Robert sempre ganhando. "Em ano que antecede a Olimpíada, inclusive com Jogos Pan-americanos e Mundial de Laser, ambos no Canadá, é preciso muito cuidado para não sofrer lesões. Principalmente em um barco como o Laser, que exige demais fisicamente, mas confio plenamente no Robert. Ele sabe o que faz.", afirmou Welter. Casamento Perfeito Com a experiência do ouro olímpico, ao lado de Lars Bjorgstrom, Alex tem acompanhado os jovens velejadores do YCSA nas classes de base e fez questão de valorizar a parceria. "Por se tratar de uma marca de veículos Premium da Alemanha, combina muito com o YCSA, celeiro na formação de velejadores. Lembrando ainda, que o clube foi fundado a mais de 80 anos por imigrantes alemães. O apoio da Audi é de grande importância para qualificar os treinamentos da equipe e prepará-la para os desafios do esporte.", afirma Welter A conquista mais recente do Audi YCSA Sailing Team foi o título Sul-americano de 420, em Porto Alegre, com Eric Belda e Rodrigo Dabus projetando temporada promissora para 2015. A dupla conta com a inspiração de vários ídolos do próprio clube. Com 17 pódios, a vela é o terceiro esporte que mais trouxe medalhas para o Brasil em Jogos Olímpicos, sendo que o YCSA esteve oito vezes no pódio. A vela fica atrás do vôlei (quadra e praia) com 20 e do judô com 19 medalhas. A coleção foi aberta pelo pioneiro Reinaldo Conrad em 1968.

Tags: