Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

Atuando nas mídias sociais

Por: 0. 7 de Janeiro de 2011

Promoview deixou de ser um site promo? Não! Estamos atendendo uma grande quantidade de contatos que recebemos dos leitores neste início de ano solicitando orientações sobre o assunto. Por isso estamos publicando estas orientações do Glebe Júnior. Segundo o especialista "As mídias sociais são um mundo novo e que pode ser explorado de diversas formas. Sua marca já está lá, seja por você ou pelos clientes, ela já está. Para saber mais sobre o que fazer neste novo mundo passo a seguir 6 ações".

1. Monitorar Sim, esta talvez seja uma das palavras mais importantes quando se fala em mídias sociais, é fundamental que você monitore. Mas monitorar o quê? Você deve se perguntar – e a resposta é você! Monitore seus produtos, sua marca, aquilo que falam sobre você. Se alguém falar uma crítica, um elogio, um desejo sobre a sua marca ou produto você estará ciente e pronto para tomar a atitude certa. A concorrência é outro ponto importante para se monitorar. Eles estão lá também, e se ainda não estão logo chegarão. É importante saber o que eles estão fazendo, se criaram um novo produto, promoção, como estão se relacionando, como estão falando, como eles respondem, tudo isso te dará uma boa visão do que fazer e do que não fazer. Além disso, monitorar ajudará você a antecipar as suas ações, percebendo aquilo que está se tornando uma tendência e assim tomar as medidas necessárias. Isso fará você lançar algo antes do concorrente, criar uma promoção diferente e assim por diante. Monitorar também fará você compreender o retorno sobre o investimento que está sendo feito nas mídias sociais (ROI), monitorar suas menções antes, durante e depois de uma ação localizada fará você perceber o impacto dela e consequentemente o destaque que a ela deu a sua marca ou produto. Para monitorar sua marca existem dezenas de ferramentas, gratuitas e pagas, eu dei algumas dicas de como realizar Monitoramento no Twitter em um post anterior, vale a pena conferir. 2. Engajar Observe onde a sua marca está presente, e não digo você onde a colocou, mas sim onde as pessoas a colocaram, que comunidades existem sobre sua marca e seu produto, observe quem são estas pessoas, como elas reagem a sua marca e como elas declaram o seu interesse, gostos e desejos. Participe com elas, esteja ligado ao que acontece. Quando investimos na comunidade ela investe de novo em você. Estabeleça de fato um relacionamento com seus clientes que eles o retribuirão. cultive seus relacionamentos, customize as suas ações, trate-os como pessoas e não como compradores. O poder está na mão deles hoje e é fundamental saber lidar com isso. Reconheça e retribua o empenho dos que estão engajados com você, isso pode dar retorno muito maiores do que qualquer campanha de imagem que você tente fazer. 3. Vender É comum alguns empresários perguntarem sobre como vender pelo twitter, como ganhar dinheiro diretamente com ele, e digo que é possível, mas não da forma direta como em um site, mas direcionando o cliente ao produto que você precisa vender. Uma boa ação é usar cupons de desconto para aquele produto que quer um destaque. Você pode criar um cupom de desconto ou mesmo um cupom promocional com alguma vantagem para que o cliente no twitter possa utilizá-lo. Uma ferramenta interessante para isso é o TwtQpon onde você cria cupons para publicação no twitter. Já o utilizei em várias ações, onde o cliente levava o cupom no balcão e recebia o desconto. Bem interessante, vale a pena testar. A Dell (US) já fez isso distribuindo cupons de desconto para um determinado notebook que queriam retirar do estoque, o resultado foi que seus clientes no Twitter zeraram o estoque do produto em pouquíssimo tempo. 4. Informar Talvez seu negócio não seja vender, quem sabe informar seja uma ótima opção para você. E mesmo que você tenha foco em vendas, informar algo relacionado também é interessante. Veja qual é o perfil do seu cliente, que tipo de produtos relacionados eles consomem, fale sobre eles também. Por exemplo, uma loja de roupas, o seu foco é moda, mas não precisa falar apenas de roupas, use aquilo que o cliente também irá consumir de informação, como, por exemplo, maquiagem, cabelos, e temas relacionados, informe e assim faça com que o cliente o tenha como referência sobre o que ele gosta, e não apenas uma marca na qual ele compra. Assim você passa a ser relevante para ele. 5. Suporte O cliente nunca teve tanto contato direto com a marca e ainda mais de uma forma pública como hoje, por isso mesmo, ele usará isso a seu favor. É muito comum um cliente querer saber algo sobre um produto seu ou mesmo qualquer informação geral sobre sua empresa pelo twitter, por exemplo, ele utilizará este canal sempre que possível e a resposta rápida é que dará a confiabilidade a este meio. Tente sempre que possível responder usando o mesmo meio, se for algo mais complexo convide-o a usar outro. Não use o twitter, por exemplo, para direcionar para o CallCenter – quem está falando com você pelo microblog não vai querer ligar, ele quer ser atendido lá. Se as regras de atendimento não colocam este meio como algo válido, saiba como direcionar o cliente para o caminho certo sem causar traumas. 6. Prospectar A prospecção de negócios é algo também auxiliado pela monitoração, é através dele que você consegue encontrar onde então as oportunidades, realizando buscas, analisando perfis de pessoas que não estejam nem ainda no seu grupo de seguidores ou seguidos. Assim você poderá interceptar um desejo de um cliente ou mesmo identificar na Bio de um perfil algo que esteja relacionado com o seu produto. Imagine que você vende equipamentos de fotografia, experimente realizar uma busca no Google por exmeplo: “Bio*fotógrafo” site:twitter.com; você vai ver muita coisa interessante. É isso pessoal, espero que tenham gostado, qualquer informação extra, é só entrar em contato. Glebe Júnior Profissional web a 9 anos, profissional certificado pela Microsoft, em Windows Vista, SharePoint (Server, Services), Team Foundation Server, Windows Mobile, e também Instrutor Oficial Microsoft (MCT). Atualmente trabalho como Coordenador de Informática, com Educação Profissional, sendo também responsável por toda estratégia de comunicação digital. Atuo também como Consultor em Comunicação Digital, criando ações de branding em ambientes digitais.

Tags: