Canal
Geral

Ampro comemora decisão do TST sobre terceirização

Por: 0 26 de Abril de 2011

A Associação de Marketing Promocional (Ampro) comemora a vitória da Light em processo sobre terceirização no TST. O processo discutia a possibilidade de terceirização de quase todas as atividades da companhia. [caption id="attachment_110480" align="alignleft" width="82" caption="Guilherme de Almeida Prado."][/caption] "Tal decisão abre um precedente fundamental para o entendimento da questão. O Brasil não pode ir contra a tendência mundial de terceirização. A própria vinda da Foxconn - que é especializada em produzir equipamentos eletrônicos para terceiros - negociada pela presidente Dilma, mostra que o Brasil já compreendeu a importância das empresas concentrarem apenas nas atividades foco. A luta para a regulação setorial por lei específica representa um caminho para terceirizar com segurança," afirma Guilherme de Almeida Prado, presidente da entidade. A Ampro é a maior entidade que representa as agências e empresas prestadoras de serviços e ações promocionais em todo o País. O mercado promocional é um dos maiores prestadores de serviços terceirizados no Brasil. “A decisão do TST em favor da Light, embora não tenha relação direta com o marketing promocional, abre precedentes para que outros setores busquem um marco regulatório para a contratação de serviços terceirizados com mais segurança”, explica Prado.

De acordo com dados do Instituto de Pesquisa Manager (Ipema), o Brasil tem mais de 31 mil empresas de serviços terceirizáveis, sendo 15,3 mil localizadas nos Estados de São Paulo, Paraná e Rio de Janeiro. Só no que diz respeito ao setor de mão de obra de promoção e merchandising, são 979 mil empresas, empregando cerca de 375 mil pessoas, segundo pesquisa recente do Sindeprestem.

Tags: