Canal
Geral

AlmapBBDO é Agência do Ano do Festival de Cannes

Por: 0 27 de Junho de 2011

Pela terceira vez a AlmapBBDO foi eleita “Agência do Ano” no Festival Internacional de Criatividade 2011, em Cannes. Ela conquistou um Leão de Ouro, oito de Prata e cinco de Bronze. A agência de José Luiz Madeira e Marcello Serpa também foi “Agência do Ano” do festival em 2010 e 2000. “Sinto um orgulho profundo de trabalhar com pessoas que pensam, criam e veiculam trabalhos que brilham tanto no Brasil quanto em Cannes”, afirma Marcello Serpa, sócio e diretor geral de criação da AlmapBBDO. “Ganhar tantas vezes por tanto tempo não pode ser coincidência ou sorte, só pode ser vocação.” E completa: “É ainda melhor ganhar o título de agência do ano pela terceira vez, e pela segunda vez consecutiva, num ano em que o Brasil brilhou em Cannes.”

[caption id="attachment_123919" align="aligncenter" width="440" caption="Campanha criada pala a revista Billboard Brasil que conquistou o Leão de Ouro em Press."][/caption]

Realmente, o Brasil bateu recorde de troféus este ano no Festival de Cannes, realizado entre 19 e 25/06. As agências brasileiras receberam, ao todo, 68 Leões: seis de Ouro, 24 de Prata, 37 de Bronze e o Leão de Agência do Ano da AlmapBBDO. No ano passado foram 58 Leões, incluindo o troféu da AlmapBBDO. Em 2009 foram 32 Leões, oito da Almap. Em 2008, 41 e a AlmapBBDO conquistou 12 leões brasileiros, entre eles o único Leão de Ouro. Nesta edição de 2011, Cannes recebeu cerca de 24 mil inscrições de trabalhos de todo o mundo. A Wieden + Kennedy Portland foi a segunda agência colocada e a BBDO Nova York ficou em terceiro lugar. A BBDO foi a “Network of the Year”. O Leão de Ouro da AlmapBBDO foi conquistado na categoria Press, com a campanha para a revista Billboard Brasil criada pelo diretor de arte Marcos Medeiros e o redator André Kassu. O ilustrador é Marcos Kotlhar. Em 2010, o Grand Prix de Press também foi para uma campanha da Billboard Brasil: “Música. Entenda do que é feita”, criada por Marcos Medeiros, Andre Kassu, Marcos Kotlhar e Danilo Boer. Em 2010,  o Brasil não conquistava o GP na categoria havia dez anos. Para eleger a “Agência do Ano”, a organização do festival soma a pontuação das áreas de Press Lions, Outdoor Lions, Radio Lions, Cyber Lions, Film Lions, Film Craft e Titanium & Integrated Lions. Os Leões de ouro valem sete pontos, os de Prata valem cinco e os de Bronze, três. O Grand Prix vale dez pontos. Cada agência tem direito a dez pontos de shortlist, no máximo. O festival tem, ao todo, 13 categorias.

Tags: