Canal
Geral

Ah vira virou, vira virou. O Live Marketing chegou!

Por: Redação 21 de Fevereiro de 2017

E o Carnaval chegou!

Para muitos, motivo para brincar, se divertir, fantasiar, cair na folia e vestir a fantasia. Para nós, oportunidade de trabalho, que permite que muitos brinquem melhor e seguros, se divirtam de verdade, usem as fantasias com alegria e caiam na folia.

Milhares de ações de campo, ativações, camarotes, intervenções por esse Brasil de Momo e de meu Deus estarão nas mãos (aliás estão, porque o Carnaval já começou em muitas cidades e nossa gente já está com a mão na massa e nos tamborins) de agências, produtores, técnicos e um número imenso de gente boa apenas para que as pessoas se sintam felizes e encontrem infraestrutura pronta para sua folia. Verdadeiros anjos invisíveis (podia ser essa a nossa fantasia).

Marcas estarão expostas e brindarão os foliões com experiências inesquecíveis, enquanto ações e promoções vão efetivar aumento de vendas.

No Merchandising, algumas marcas são patrocinadoras do Carnaval e se tornam, praticamente, sinônimo de blocos, trios e espaços, tal a exposição bem pensada e planejada estrategicamente.

Com o nosso bloco na rua, o SOMOS LIVE MARKETING - aliás, taí, tô lançando o Bloco para o ano que vem em todo Pais. Sairemos na sexta ou sábado da semana que antecede o Carnaval, nos estados onde agências queiram. Vou providenciar a marca. Que tal? – o pessoal fica muito mais seguro pra brincar, porque o tempo dos boçais e amadores está chegando ao fim. Vamos trabalhar, no prenúncio de novos dias que chegam depois da Festa de Momo.

Seria imprudência falar nomes de agências, tal o número das que estão trabalhando no Carnaval. Daí, peço que me ajudem, mandando o nome de sua Agência, o estado e o que ela fez, nos comentários do texto ou no Face do Promoview, para que possamos dar nome aos bois, digo Blocos, melhor, Agências.

Será justa homenagem e uma forma de mostramos ao que viemos.

No Nordeste, vai ser difícil ter espaço pra tanta agência, porque a tradição carnavalesca só é superada ou empata com as Festas Juninas. Portanto, sei que virá muita coisa boa de lá.

No Sudeste, Rio e São Paulo devem capitanear muitas ações e os grandes Camarotes dos Desfiles. Minas também não vai ficar atrás. Talvez o Espírito Santo tenha menos, por conta de problemas recentes, mas o Carnaval lá já começou no fim de semana com o Desfile de suas Escolas de Samba.

O Sul promete seu melhor Carnaval. No Rio Grande, superando as dificuldades, no Paraná, pela vocação das grandes festas e em Santa Catarina, Floripa especialmente, que subiu no ranking dos destinos mais procurados este ano por turistas, o Carnaval vai ser de muita festa e marcas.

No Centro Oeste, ainda não soube de muita coisa, mas pelo que conheço das Agência de Campo Grande, MS, a folia está garantida, assim como em Goiás, Mato Grosso e Brasília.

Por fim, o Norte deve fazer tremer o chão e proporcionais grandes eventos no Amazonas e no Pará.

Um Carnaval de redenção do mercado, ainda exposto a uma crise econômica que, por um lado nos trouxe à realidade e, por outro, vem separando joio do trigo.

Que só os foliões usem as máscaras para se divertir. Que nós, nossas agências, entremos de cara e alma limpa e verdadeira na festa, permitindo que nossos clientes encontrem seus consumidores e shopers cara a cara, efetivando resultados mensuráveis e positivos. O Brasil não acaba nem começa no Carnaval. Nem nós.

No novo Rio de Janeiro que se anuncia com o respeito devido aos turistas, na primeira semana de desafio, com milhares de pessoas nas ruas, nos 115 blocos espalhados pela cidade, nunca houve tanta tranquilidade, brincadeira e divertimento. Nunca houve tanta marca e gente vendendo seus produtos. Isso, a mídia quase não fala. A boa notícia não chega à primeira página.

Otimismo exagerado? Ufanismo tolo? Não! Constatação de quem sai pela rua vendo e participando. De quem fala com profissionais em todo País e recebe notícias de que estamos voltando a crescer, a trabalhar.

Então, aproveite o Carnaval e use essa paródia do refrão do samba do enredo Vira Virou, da Mocidade Independente de Padre Miguel, do Rio de Janeiro, minha escola do coração, por sinal, que eu fiz para cantar no Carnaval:

Ah vira virou, via virou.

O Live Marketing chegou, chegou!

Ao vivo, nas viradas dessa vida.

Um elo uma canção de amor.

Olha vira virou!

Coloca o Bloco na rua e segue em frente!

 

 

 

 

Tags: Carnaval | Cultura | Profissional de Mídia