Canal
Geral

Agência brasileira acusa Coca-Cola da Espanha de plágio

Por: 0 31 de Dezembro de 2012

Publicado originalmente em 28/06/12. No dia 08/03/12, a Coca-Cola da Espanha, a fim de divulgar o "II Congreso Internacional de la Felicidad", promovido pela marca entre 09/04, em Madrid, criou um vídeo em stop motion utilizando um milhão de folhas Post-it. Veja aqui. Por causa deste vídeo, a agência brasileira Casa Darwin está acusando a Coca-Cola de plágio, pois em 18/06/11, ela criou uma campanha para a Melissa no mesmo formato: utilizando 350 mil folhas de Post-it que formam imagens e foram gravadas em stop motion. Veja aqui o post e o vídeo.

O vídeo foi destaque em mais de 50 publicações ao redor do mundo, chegando a ser viral da semana na CNN Internacional em novembro, o que faz o diretor de criação da Casa Darwin, Rodrigo Leão, acreditar no plágio e não em coincidência. "Coincidência teria sido ao mesmo tempo, mas foi depois. O nosso veio muito antes, já tem mais de um milhão de visualizações", reclama o publicitário, que também assina a redação e a direção de arte da peça. "Eles viram o que fizemos e resolveram fazer um para ter o maior do mundo." Rodrigo também afirma que não há intenção de acionar a marca de bebidas judicialmente: "Somos super a favor da cocriação", diz, "nosso trabalho nunca é de hostilidade. (...) "Ficamos muito agradecidos por uma marca tão grande como a Coca ter de usar nosso conceito criativo.". A Coca-Cola Brasil disse que não pode responder por ações de outros países.

Tags: