Canal
Geral

<!--:pt-->AG2 cresce 43% em 2009 em relação ao exercício anterior<!--:-->

Por: 0 11 de Dezembro de 2009

A AG2, agência webnative, irá encerrar suas atividades em 2009 com muitos motivos para comemorar. No ano em que celebrou dez anos de atividades, a empresa se consolidou como referência para o mercado brasileiro no segmento de criação e desenvolvimento de projetos de comunicação para o universo digital; agregou importantes clientes à sua carteira de atendimento; e incorporou as operações da agência Climax, de São Paulo.

ag2

Com toda essa movimentação, a AG2 finalizará o atual exercício com crescimento de 43% em sua receita, que salta dos R$ 14 milhões em 2008 para R$ 20 milhões em 2009. Apesar da projeção de crescimento de 22% (muito pela expectativa negativa dos impactos da crise), a AG2 reestruturou equipes, investiu em contratações, apostou em estratégias agressivas de prospecção e, pelos números levantados em seu balanço, percorreu o caminho certo. A superação da meta de crescimento engloba também diversas ações envolvendo a gestão financeira da agência, como orçamento anual por departamentos, que permitiu um controle muito mais preciso de receitas e despesas. A empresa promoveu ainda investimentos expressivos na sua infra-estrutura de TI, especialmente no que envolve o tráfego de dados, o que aumentou a sua produtividade e agilidade no atendimento aos clientes. "É muito gratificante ver que os números ratificam nossa estratégia. Sempre estivemos na contramão do mercado e, em um período de crise, apostamos que era o momento de investir. Sabíamos que o ambiente digital seria um segmento beneficiado pela racionalização das verbas publicitárias e que a AG2 teria papel fundamental para seus clientes neste período", analisa Cesar Paz, diretor-presidente da AG2. Outro fato que representa esse crescimento é o aumento do número de colaboradores. Ao contrário do mercado, a AG2 apostou em contratações, aumento de equipe e reforço no time de colaboradores, encerrando 2009 com 160 pessoas trabalhando nos quatro escritórios da agência. A qualificação do trabalho também foi destaque, representada pela carteira de clientes da AG2. "Em 2008 a nossa carteira tinha 63 clientes ativos. Em 2009, iniciamos um processo de qualificação da carteira, que implicava na redução gradual deste número em favor da melhoria no atendimento. Encerraremos o ano com cerca de 30 clientes ativos, que nos geram mais receita em proporção e volume", revela Paz. E 2010 também deve ser um ano de superação de metas. A agência prevê acréscimo de 20% no faturamento. "O cenário de nosso segmento é animador. Com o planejamento traçado, não tenho dúvidas que vamos superar o patamar pré-estabelecido", garante o empresário.

Tags: