Canal
Geral

Aeroportos se preparam para os Jogos Olímpicos 2016

Por: 0 17 de Agosto de 2015

As estratégias para atender o aumento na demanda de voos e passageiros no período dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016 já estão sendo definidas. Os trabalhos tiveram início em agosto do ano passado e a Secretaria de Aviação Civil deve concluir o Manual de Planejamento até o dia 1º de agosto do ano que vem. A abertura oficial da Olimpíada ocorre no dia 5 de agosto. Conforme o coordenador-substituto do Comitê Técnico de Operações Especiais da Conaero (Comissão Nacional de Autoridades Aeroportuárias), Marcus Pires, o planejamento envolve análise de demanda e da capacidade dos aeroportos que operarão de forma coordenada.

Foto: Divulgação/ Infraero.
[caption id="attachment_478840" align="aligncenter" width="562"]Aeroporto do Galeao 2_ Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro.[/caption] O trabalho é uma evolução do que vem ocorrendo desde a Rio+20 até a Copa do Mundo de 2014. O diferencial, no caso dos Jogos Olímpicos, é a concentração de passageiros em alguns aeroportos e em fluxos unidirecionais, além da necessidade diferenciada de transporte de equipamentos para as provas, inclusive de animais e medicamentos. “Há necessidade de normativos específicos.”, explica Pires. Um Manual de Operações já está sendo aplicado em testes. A partir dessas experiências, a relação de procedimentos a serem adotados para garantir a normalidade das operações durante os eventos será aperfeiçoada. Uma das preocupações centrais é também a garantia de acessibilidade, em razão das Paralimpíadas. Já foram realizadas simulações no Santos Dumont e Galeão, no Rio de Janeiro, e em Guarulhos, São Paulo. “Nós percorremos os principais aeroportos que receberão passageiros nesse período, fizemos avaliações e apresentamos uma relação de melhorias que devem ser implementadas. Essas mudanças ficarão como legado para os aeroportos.”, afirma Pires. O Galeão será a principal porta de entrada e saída dos atletas, comitivas, profissionais de imprensa e chefes de Estado. A expectativa da RIOgaleão, concessionária responsável pelo aeroporto, é que, nos dias de maior movimentação, 96 mil passageiros circularão pelo terminal. Para comparar, durante o ano, o pico de movimentação é no Carnaval, quando chega à marca de 63 mil pessoas em um dia.
Foto: RIOgaleão.
[caption id="attachment_478856" align="aligncenter" width="562"]Obras aeroporto galeão - foto RIOgaleão Obras do Píer Sul no Aeroporto do Galeão.[/caption] De acordo com a concessionária, haverá ainda algumas mudanças se comparado às operações rotineiras: serão menos passageiros em conexão, quatro vezes mais bagagens por pessoa. O perfil será de passageiros frequentes, o que eleva o nível de exigência do público. A empresa afirma que está realizando investimentos de dois bilhões para promover adequações, como ampliação e construção de novas áreas de terminais, pontes de embarque e estacionamento, além da substituição de elevadores e escadas rolantes. Uma das principais intervenções é a construção do Píer Sul, que terá 26 novas pontes de embarque e será entregue em 30 de abril de 2016.

Tags: