Canal
Geral

Ação promocional da Nextel prejudicou Neymar

Por: 0 8 de Abril de 2011

Embora tenha saído vitorioso da partida contra o Colo Colo pela Taça Libertadores da América, o Santos teve sua noite estragada por conta dos desdobramentos de uma ação promocional do patrocinador de sua maior estrela: o atacante Neymar. Parceira do jogador desde o início de março, a Nextel aproveitou a competição Sul-americana para reforçar a ligação de sua marca com o craque. Na entrada da partida contra o time chileno, a empresa distribuiu ao público, na Vila Belmiro, máscaras com o rosto do jogador. Boa parte da torcida assistiu ao jogo (que terminou com a vitória do Santos por 3x2) com o acessório.

O problema ocorreu logo no início do segundo tempo. O clube alvinegro vencia por 2x0 a partida, quando Neymar armou uma jogada e marcou um belo gol – o terceiro do Santos no jogo. Na euforia da comemoração, o atacante correu para festejar, pegou a máscara promocional, que foi entregue espontaneamente  por um torcedor e a colocou em seu próprio rosto para celebrar o gol e saudar a torcida santista. Por considerar a comemoração uma infração, o juiz mostrou o cartão amarelo ao jogador. Como já havia recebido outro anteriormente, Neymar foi expulso, mesmo após muitos protestos dos próprios jogadores e da torcida. Com a expulsão, o atacante fica impedido de jogar na próxima partida da Libertadores, que acontece no dia 14/04, contra o Cero Porteño, do Paraguai. Bem vindo ao clube Apesar de, intencionalmente, não ter provocado o afastamento do jogador - uma vez que a expulsão só se caracterizou pelo fato de Neymar já ter recebido uma advertência, anteriomente - a ação pode, de forma indireta, prejudicar o Santos na continuidade do torneio, uma vez que a próxima partida é decisiva para a garantia de uma vaga para a próxima fase. A parceria entre Neymar e a Newtel foi articulada pela agência Loducca e deflagrada no dia 15/03, quando entrou no ar um comercial - que usa o conceito "Bem Vindo ao Clube" - estrelado pelo jogador e por seu pai, também chamado Neymar. O filme mostra um depoimento no qual o craque agradece o pai pelos valores e princípios recebidos. De acordo com a agência, a escolha de Neymar foi estratégica para tornar a comunicação da marca mais popular. Sobre a ação, a Loducca ressalta que foram distribuídas dez mil máscaras aos torcedores da Vila Belmiro e que o adereço chegou ao jogador pelas mãos da própria torcida santista, o que desvincula totalmente a iniciativa da agência com as consequências que a partida acabou rendendo para Neymar e para o Santos. A ideia era aproveitar a repercussão e importância do jogo para celebrar o jogador e a parceria com a marca.

Tags: