Canal
Geral

<!--:pt-->Ação promocional acaba na polícia<!--:-->

Por: 0 24 de Abril de 2010

Você está de boa, bebendo uma cerveja, quando um homem entra com as mãos enfaixadas e aponta uma arma para você. Pois foi isto que aconteceu na última sexta-feira (16/04), em um bar na Nova Zelândia.

game

Tudo não passava de uma ação promocional do jogo Splinter Cell: Conviction. Um homem fantasiado de maneira similar a Sam Fisher (herói do jogo), entrou em um bar em Auckland apontando uma arma de brinquedo para os clientes do bar. A arma, apesar de ser falsa, era muito semelhante a uma pistola real, o que assustou os clientes. Uma pessoa gritou "Ele tem uma arma!" e todas as outras pessoas se esconderam embaixo das mesas. A polícia foi chamada e só assim descobriram a verdade. O sargento Ben Offner disse que eles só descobriram que a arma era de mentira quando a retiraram do ator. "Nós consideramos esse tipo de ação muito mal aconselhada. Um dia, uma ação como essa pode acabar em tragédia". A empresa Monaco Corporation, responsável pela promoção de Conviction, na Nova Zelândia, pediu desculpas pela ação e disse que não fazia ideia que uma arma (mesmo que falsa), seria usada, já que a ação foi planejada por outra empresa, contratada pela Monaco Corporation. "Isso não foi feito para atrair policiais e conseguir este tipo de exposição. Foi apenas marketing dando errado," disse Duane Mutu, gerente de Marketing da Monaco.

Tags: