Canal
Geral

A revolução verde da indústria do entretenimento

Por: 0 3 de Junho de 2011

Os estúdios de Hollywood sempre foram famosos pelas produções milionárias, os cenários incríveis, a riqueza e a opulência. Tudo isso, entretanto, trazia consigo um grandioso desperdício que passou a ser cobrado dos responsáveis, tanto pelo governo norte-americano, quanto pelos seus 'fãs'. Não apenas os estúdios da Califórnia, mas a indústria do entretenimento e do cinema como um todo, passam hoje pelo que foi apelidado de 'Revolução Verde'. Hollywood foi pioneira para a conscientização de uma indústria que pesa muito nas questões que estão na boca de todo o mundo: aquecimento global, sustentabilidade e meio ambiente.

Desde que o os estúdios começaram a colaborar no estabelecimento de padrões para reduzir as emissões de carbono e construir prédios e cenários com certificações de sustentabilidade, a postura de artistas, dirigentes e inclusive dos espectadores mudou. Para convencer a população e passar a palavra do cuidado com o meio ambiente, vários embaixadores foram eleitos, entre eles o ator Leonardo Di Caprio.

[caption id="attachment_118481" align="aligncenter" width="580" caption="Leonardo Di Caprio."][/caption] As atividades de entretenimento estão entre as maiores emissoras de carbono, pois envolvem desde viagens, milhões de kilowatts de eletricidade e geram uma quantidade impressionante de lixo, sempre que um cenário precisa ser desmanchado. Os estúdios precisaram se reinventar para trabalhar estas emissões e isso vem acontecendo desde 2001. A Sony Pictures, hoje, recicla cerca de 60% dos seus resíduos sólidos e tem como objetivo até 2050 zerar as suas emissões de carbono. Já a Newscorp, da Fox, começou em 2010 a adquirir fontes de energia renovável e no primeiro ano reduziu 40% das suas emissões. A Warner Bros. Studios foi uma das pioneiras a obter a cerficação LEED em 2005 e entre os principais processos de reciclagem estão os que envolvem concreto e asfalto. Atualmente, também seus prédios são em média 20% mais eficientes em termos energéticos do que os demais prédios do conglomerado de estúdios. Entretanto, mudar o impacto de Hollywood sobre o meio ambiente, envolve bem mais do que indivíduos, independente do quão famosos estes sejam. As campanhas seguem entre seus estúdios, artistas e fãs, mas o grande desafio continua sendo a qualificação de fornecedores de insumos, matérias primas e serviços para colaborarem no esforço brutal de salvar o planeta, movimento que, infelizmente, não se trata de mais uma megaprodução hollywodiana...

[caption id="attachment_118482" align="aligncenter" width="580" caption="Reciclagem nos estúdios de Hollywood."][/caption]

Tags: