Canal
Geral

ExpoZebu terá centro de debates sobre pecuária nacional

Por: 0 25 de Abril de 2012

A 78ª edição da Exposição Internacional das Raças ZebuínasExpoZebu – acontece entre os dias 28/04 e 10/05, no Parque Fernando Costa, em Uberaba (MG), e promete ser um importante centro de debates sobre o desenvolvimento da pecuária nacional em harmonia com o meio ambiente. Mais que isso, o evento marcará o lançamento de um documento produzido pela Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ), organizadora da exposição, para mostrar a formadores de opinião do Brasil e do Exterior o caráter inovador, eficiente e sustentável da pecuária nacional. Representante da classe produtora, a ABCZ aproveitará a relevância da principal exposição de gado zebuíno das Américas para deixar bem claro quais são o posicionamento e o compromisso do setor perante as exigências globais referentes à produção de alimento de forma segura e sustentável. Com o tema “Zebu: o futuro em boas mãos”, a ExpoZebu trará uma reflexão da atividade pecuária, antecedendo a Rio+20, Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, que acontece em junho deste ano no Rio de Janeiro. A 78ª ExpoZebu também será palco de debates do VII Simpósio de Pecuária Sustentável, com a participação de pesquisadores e apoio da Fazu (Faculdades Associadas de Uberaba). A Rio+20 será tema exclusivo de um workshop promovido pela CNA (Confederação de Agricultura e Pecuária do Brasil), com o apoio da ABCZ. A feira terá ainda outras novidades, como o lançamento do Museu Virtual; do genoma das raças gir e guzerá; do Agrocurso, projeto de educação à distância da ABCZ, Fazu e Canal Rural, e do software Produz – tecnologia de gerenciamento de rebanho zebuíno. Além disso, o evento contará com os tradicionais leilões, julgamentos dos melhores exemplares de cada raça e a 34ª edição do Concurso Leiteiro. O documento produzido pela ABCZ traçará a evolução da pecuária zebuína de corte e leite no Brasil, com destaque para aspectos como o aprimoramento genético, que fez do rebanho brasileiro referência mundial. “A pecuária brasileira é moderna, competitiva e sustentável, conquistas obtidas graças ao investimento contínuo em melhoramento animal, nutrição e manejo”, afirma o presidente da ABCZ, Eduardo Biagi. Voltada para públicos diversos como Organizações Não Governamentais, representantes de entidades ligadas ao agronegócio, governos, imprensa e outros, a publicação mostrará que o setor pecuário do Brasil tem maior consciência ambiental, buscando constantemente recuperar áreas degradadas, praticar o sistema de integração agrosilvopastoril (agricultura, floresta e pecuária) e, principalmente, incrementar a produção de carne sem ampliar as áreas de pastagem, por meio da verticalização da produção e do tripé – genética, manejo e nutrição. Com isso, o setor espera mostrar que está preparado para contribuir com o Brasil em seu papel de País com as melhores condições para produzir alimentos e atender a demanda mundial que se vislumbra até 2050. Dados da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) mostram que a população deverá chegar a nove bilhões de pessoas e será necessário, por exemplo, um salto de 200 milhões de toneladas para 470 milhões de toneladas de carne para suprir o consumo. “O Brasil avançou muito na seara ambiental”, complementa Biagi.  

Tags: