Canal
Geral

11 - Dia Internacional da Logosofia

Por: 0 11 de Agosto de 2006

A Logosofia é a ciência que explora o homem por inteiro, aproveitando ao máximo todo seu potencial psicológico, mental e espiritual. O autor da Logosofia é Carlos Bernardo González Pecotche, também conhecido como "Raumsol". Ele nasceu em Buenos Aires, Argentina, em 11 de agosto de 1901. González criou e desenvolveu a Logosofia, partindo de sua concepção da vida humana, de Deus, do Universo e suas leis. Em 1930, González instituiu a Fundação Logosófica com o objetivo de difundir a nova ciência que havia criado. Hoje, essa ciência foi expandida para muitos países através de centros culturais onde se estuda e pratica esta nova linha de conhecimentos transcendentes. O pensamento logosófico é muito complexo, e muitas pessoas desejam saber qual a fonte da sabedoria de González. Mas na verdade, González não tirou seus conhecimentos de nenhuma fonte, ele mesmo concebeu e aperfeiçoou seus pensamentos. Na cidade de Montividéu, em 17 de julho de 1950, o autor da Logosofia pronunciou as seguintes palavras: "Muitas coisas, totalmente desconhecidas para vós e para o mundo, dei a conhecer em meus ensinamentos, e ninguém poderia dizer que uma só dentre elas não está vinculada a minha vida." A Logosofia revela conhecimentos da natureza transcendental, conduzindo o homem ao conhecimento de si mesmo, de Deus, do universo e das leis eternas. Seu objetivo principal é colocar o homem em contato com o metafísico. A Logosofia abre as portas da investigação pessoal para o ser humano. Cada um de nós é um universo particular a ser explorado. Os grandes objetivos da Logosofia são : · A evolução consciente do homem, mediante a organização de seus sistemas mental, sensível e instintivo; · O conhecimento de si mesmo, que implica o domínio pleno dos elementos que constituem o segredo da existência de cada um; · A integração do espírito, para que o ser possa aproveitar os valores que lhe pertencem, originados em sua própria herança; · O conhecimento das leis universais, indispensável para ajustar a vida a seus sábios princípios; · O conhecimento do mundo mental, transcendente ou metafísico, onde têm origem todas as idéias e pensamentos que fecundam a vida humana; · A edificação de uma nova vida e de um destino melhor, superando ao máximo as prerrogativas comuns; · O desenvolvimento e o domínio profundo das funções de estudar, de aprender, de ensinar, de pensar e de realizar, com que o método logosófico se transubstancia em aptidões individuais de significado incalculável para o porvir pedagógico na educação da humanidade.

Tags: