Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

João Doria Jr. | Um exemplo de liderança

Por: . 23 de Junho de 2015

setor de eventos, assim como o mercado promo, é recheado de agências especializadas que tentam, a todo custo, se destacar em meio ao mar de concorrências. No entanto, mais do que empresas expertises, ambos os setores possuem profissionais que são a base de tudo.

Quando se fala em evento corporativo, por exemplo, logo nos vem à mente toda a parte de planejamento e logística que teve que ser desenvolvida para a realização do mesmo. Mas tudo isso só acontece graças a pessoas que sabem exatamente como tirar uma ideia do papel liderando equipes em diversas frentes para colocá-la em prática,.

Nessa hora, muito mais do que a verba destinada ao projeto, a experiência e o cuidado com os mínimos detalhes são os fatores chave para a concretização de um projeto de sucesso. Promoview entrevistou um dos empresários mais influentes no Brasil, e que sabe muito bem como é lidar, diariamente, com os desafios do mercado.

JOAO DORIA JR

Fundador e presidente do Grupo Doria, João Doria Jr. possui mais de 1.600 empresas filiadas, que representam 52% do PIB privado nacional. Em 2014, foi eleito, pelo segundo ano consecutivo, um dos 100 líderes de melhor reputação do Brasil, em pesquisa feita pela empresa europeia Merco.

O empresário, além de contar um pouco sobre sua carreira, mostrou sua visão sobre o mercado de live marketing e megaeventos no Brasil, e também falou sobre o legado da Copa do Mundo para o País. Confira!

Promoview: Você é jornalista, publicitário e já foi presidente da Embratur. Como essas experiências ajudaram na formação da sua carreira?

João Doria Jr.: A escolha da publicidade veio desde o primeiro emprego. Comecei a trabalhar aos 13 anos de idade, em 1971, na Standard, Ogilvy Publicidade, como assistente de rádio, TV e cinema. Emendava filmes comerciais, colocava slides no projetor, cuidava do arquivo de fitas e fazia apresentações da agência para os prospects.

Com 21 anos de idade assumi a Secretaria de Turismo e a presidência da Paulistur durante a gestão do então prefeito de São Paulo Mário Covas. Também fui presidente da Embratur e do Conselho Nacional de Turismo. Minha experiência como publicitário e em cargos públicos me ensinaram a lidar com adversidades e realidades distintas e todas elas desenharam a carreira que traço até hoje.

Promoview: Em 2014, você foi homenageado pela Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil (ADVB) como Personalidade de Vendas 2013, graças ao seu trabalho com ações para desenvolver o País. Além disso, você também será homenageado no décimo Encontro do Setor de Feiras e Eventos, devido à sua colaboração frente ao desenvolvimento do Brasil em 2014 e agora aqui, como um dos Mais Influentes do live marketing na avaliação dos leitores do Promoview. Como é conquistar tantos prêmios e homenagens?

João Doria Jr.: Sinto-me lisonjeado com os prêmios que recebo. Eu os vejo como um reconhecimento do trabalho que desenvolvo com a ajuda de uma equipe competente e dedicada. Ninguém vence sozinho. Por mais talento, capacidade e conhecimento, se você não compartilhar, se não souber atuar em equipe, não será um vencedor.

Promoview: Um dos pontos fortes do Grupo Doria é a organização de eventos e ações presenciais. Como você avalia o nível dos profissionais brasileiros que atuam nas áreas necessárias para realização destas iniciativas?

João Doria Jr.: O mercado de eventos cresceu muito nos últimos anos. E continua aquecido, o que torna o mercado e seus profissionais cada vez mais qualificados. Mas, com anos de trabalho, o Grupo Doria desenvolveu um padrão de excelência e qualidade em atuação que o torna único no País. Mas olhando como um todo, nunca falou-se tanto em ativação de marca ao vivo no Brasil, sem dúvida.

Promoview: Você participou da série “O Aprendiz” onde as principais tarefas eram o planejamento e execução de ações “no media” ou de marketing promocional. Por que estas foram as tarefas escolhidas e não outras, como por exemplo, escrever um roteiro e gravar um VT para televisão?

João Doria Jr.: O Aprendiz é um programa que avalia os participantes pela sua inteligência, criatividade e capacidade de trabalhar em grupo. Nele procuramos promover desafios que revelassem quem era capaz de enfrentar a pressão do dia-a-dia do seu negócio ou em uma grande empresa.

Portanto, ser centrado, ter segurança e perseverança são quesitos importantes trabalhados nestas ações. O participante tem que buscar os desafios.  Quem tem medo deles não pode vencer. Coragem é a marca dos vitoriosos. Ousadia também.

Promoview: Falando em desenvolvimento do Brasil, com o foco, é claro, no crescimento do País nos mercados de live marketing e megaeventos, as maiores provas disso são a realização da Copa do Mundo Fifa 2014 e as Olímpiadas de 2016. Para você, a que se deve este crescimento e o que o Brasil pode fazer para se destacar ainda mais como palco de grandes eventos?

João Doria Jr.: A Copa do Mundo obteve resultados positivos para a economia e turismo, evidente. Mas o País precisa aprender a aproveitar esses grandes eventos, onde boa parte do mundo está com os olhos voltados para nós, para a associar a “marca Brasil” ao que temos de melhor – e isso vai muito além do futebol.

A Copa do Mundo não trouxe todos os benefícios prometidos na elaboração do seu projeto e ainda há gargalos na infraestrutura e mobilidade urbana que freiam o desenvolvimento do País. O Rio de Janeiro vem realizando obras importantes para a realização das Olimpíadas. O que se espera é que o legado deste grande evento traga, efetivamente, benefícios para a cidade e sua população.

Promoview: Em sua visão, qual o verdadeiro legado que a Copa do Mundo deixou com a sua realização no País?

João Doria Jr.: O maior legado da Copa foi a hospitalidade do povo brasileiro transmitida aos estrangeiros que aqui estiveram.

Promoview: Você está no comando de um grupo que engloba outras seis grandes empresas. Como é estar à frente de um conglomerado de tanta relevância no mercado brasileiro? Você tem planos de expandir ainda mais o Grupo Doria?

João Doria Jr.: Eu sou um idealista, amo o Brasil, amo muito meu País.  E prova disso é ter uma empresa que prospera e pode empregar cada vez mais pessoas e promover eventos em prol de debates que geram legados ao Brasil. E mesmo em um ano difícil como 2014, em que o desenvolvimento econômico foi desastroso, nosso grupo aumentou o número de eventos realizados e publicações em sua editora.

O ano de 2015 também não será fácil. Será um ano de ajustes. Mas não nos influenciamos pelo cenário pessimista. O preço entre ser otimista ou pessimista é o mesmo. Escolhemos sempre atuar com otimismo.

Tags: