Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

Grandes empresas atuam cada vez mais no cenário publicitário e competitivo de e-Sports

Por: Redação. 2 de Abril de 2021

Não é novidade para muitos que os e-Sports (esportes eletrônicos) são um fenômeno mundial de audiência e consumo. Segundo relatório divulgado no ano passado pela Newzoo — empresa especializada em realizar pesquisas no segmento de e-Sports —, até o fim de 2021 é esperado que 2,8 bilhões de jogadores em todo o mundo ajudem o mercado global de jogos a proporcionar receitas de US$ 189,3 bilhões.

Com um próspero mercado e muito rentável no nível de competições ao vivo por diversos fatores, como altos índices de audiência em plataformas de streaming e consequente exposição da marca para vários continentes, grandes empresas de diferentes setores encontraram nos e-Sports uma excelente maneira de fortalecerem as suas respectivas marcas.

Sendo assim, com o objetivo de enfatizar a participação de importantes empresas no universo e-Sports, destacamos três companhias de áreas distintas que desenvolvem um papel relevante no segmento, ao destinarem recursos para a promoção dos esportes eletrônicos em geral.

Mercedes-Benz

Uma das marcas de automóveis mais tradicionais do mundo, a alemã Mercedes-Benz está presente em várias frentes. Além de ser referência na produção de meios de transporte, a empresa também marca presença de destaque em diferentes categorias de automobilismo — tanto no âmbito real, quanto no campo virtual.

Nos últimos anos, a equipe Mercedes-AMG Petronas vem dominado a Fórmula 1 (F1), principal categoria do automobilismo. Entre 2014 e 2020, o time alemão viu os seus pilotos venceram todos os campeonatos mundiais da categoria.

Nesse período de hegemonia, o inglês Lewis Hamilton dominou a F1 e foi o campeão em seis oportunidades no cockpit da Mercedes: 2014, 2015, 2017, 2018, 2019 e 2020. Em 2016, o título mundial ficou com o piloto da casa, o alemão Nico Rosberg.

Dominante no mundo real da F1, a Mercedes também resolveu abrir as suas portas para o lado virtual da categoria. Em 2018, a equipe Mercedes-AMG Petronas Esports Team deu o pontapé inicial na F1 Esports Series, principal circuito de corridas virtuais do segmento. Desde então, o time alemão tem investido muitos recursos para elevar a qualidade de sua infraestrutura nos esportes eletrônicos.

No ano passado, a equipe de e-Sports da Mercedes terminou entre os quatro primeiros na classificação de construtores da F1 Esports Series. Porém, o time deseja alçar voos mais altos na atual temporada e, para isso, contratou o piloto Jarno Opmeer — atual campeão da F1 Esports Series.

Betway

Uma das líderes globais do mercado de apostas em e-Sports, a Betway foi a primeira grande casa de apostas a lançar no mercado um portal dedicado exclusivamente aos esportes eletrônicos, em 2015.

A empresa também passou a investir recursos em publicidade no cenário competitivo dos e-Sports em escala internacional — tanto em torneios, como também no patrocínio de equipes. Atualmente, a Betway patrocina dois dos principais times de e-Sports do mundo: a sueca NIP (Ninjas in Pyjamas) e a alemã BIG (Berlin International Gaming).

Além de patrocinar equipes relevantes do circuito mundial dos esportes eletrônicos, a Betway marca presença importante no investimento publicitário em grandes campeonatos de e-Sports. Em dezembro do ano passado, a empresa anunciou um acordo para patrocinar a liga de e-Sports Blast Premier em 2021 — pelo terceiro ano consecutivo.

Ao todo, a atual temporada da Blast Premier deverá contar com aproximadamente 300 partidas divididas em sete eventos e 80 times na disputa. Além disso, estão em jogo US$ 2,5 milhões em prêmios para serem distribuídos ao longo do calendário de competições deste ano.

Vivo

Atuando há quase duas décadas no Brasil, a Vivo é uma das maiores empresas de telecomunicação do País. De acordo com a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), a Vivo possui a maior fatia do mercado brasileiro quando o assunto é o número de assinantes de linhas telefônicas. Em 2020 a empresa teve 78,53 milhões de linhas — o que representou 33,6% na participação na participação de mercado.

Uma das razões para a Vivo ter a principal fatia de clientes no mercado nacional de telecomunicações é o seu forte apelo publicitário. Com diferentes projetos de apoio ao esporte e à cultura, a Vivo também está presente em ações ligadas aos e-Sports para atrair, principalmente, o público jovem para a sua marca.

Desde 2014, a empresa de telecomunicações patrocina a equipe brasileira de e-Sports Keyd. Um dos principais times do cenário nacional, a Vivo Keyd tem times em várias modalidades dos esportes eletrônicos, como League of Legends (LoL), Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO), Valorant, PUGB Mobile e Free Fire. No ano passado, a Vivo renovou o patrocínio com a Keyd até 2022, mantendo os naming rights da marca.

Em declarações durante a feira de jogos Brasil Game Show 2020, a diretora de Imagem e Comunicação da Vivo, Marina Daineze, disse que uma das contribuições da Vivo nos e-Sports é desmitificar a imagem de que os jogos são exclusivamente para diversão, já que os conteúdos divulgados pela empresa procuram mostrar a intensa rotina de dedicação e trabalho dos integrantes da Vivo Keyd.

Brasil é um dos principais mercados de e-Sports do mundo

Principal mercado do cenário latino-americano quando o assunto são e-Sports, o Brasil também está no rol das potências de esportes eletrônicos do mundo. O País tem a terceira maior audiência global de e-Sports, com 21,2 milhões de espectadores — somente atrás da China e dos Estados Unidos.

No calendário de competições de 2021, o Brasil mostra a sua força e se destaca na organização de importantes eventos do segmento, com menção para os seguintes torneios: Campeonato Brasileiro de League of Legends, Valorant Masters Brasil e e-Brasileirão. 

Tags: e-sports