Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

Alpine Esports Team mostra a preparação de seus pilotos

Por: Redação.. 13 de Outubro de 2021

Alguns clichês têm vida longa. Um deles gira em torno do “gamer”, que passa o tempo todo trancado no quarto à frente do computador ou console e só se alimenta de salgadinhos e refrigerantes. 

Mas a realidade é totalmente diferente, pelo menos para os jogadores profissionais ou semiprofissionais de e-Sports, que disputam uma série de campeonatos de videogame.  

Leia também: Alpine F1 Team confirma Fernando Alonso para 2022.

Entre eles, os pilotos de simulação de automobilismo são os que enfrentam as maiores exigências. As pistas em que eles correm são virtuais, mas a preparação desta nova categoria de esportistas é bastante real – e também física! 

Basta assistir a um dia de treinamento dos pilotos da Alpine Esports Team para ter certeza disso.  

“As corridas de simulador exigem uma preparação bastante semelhante a dos pilotos de Fórmula 1.”, conta Richard Arnaud, diretor da Equipe Alpine Esports Team. 

A elite das corridas de simulador 

Sem chegar ao nível de preparação física extremamente exigente ao qual os pilotos Esteban Ocon e Fernando Alonso da Alpine F1 Team estão sujeitos quase que diariamente, os membros da Alpine Esports Team não devem descuidar de nenhum aspecto em sua estratégia de competição. 

“É claro que os pilotos de simulador não são submetidos à força G exercida sobre o pescoço dos pilotos de Fórmula 1.”, explica Richard Arnaud. “Por outro lado, o nível de concentração exigido durante uma prova oficial do campeonato mundial é tão estressante e estimulante como em um carro real.”, completa. 

É por este motivo que a Alpine, em parceria com a Race Clutch, implementou uma verdadeira estrutura para otimizar a preparação de seus pilotos de simuladores para a temporada 2021 que começa oficialmente nos dias 13 e 14 de outubro, com a primeira rodada do F1 Esports Series Pro-Championship.  

Organizada diretamente pelo promotor do campeonato mundial de Fórmula 1, esta competição é considerada a elite das corridas de simulador. 

Da mesma forma que nas versões anteriores, ela é baseada no game oficial da Fórmula 1, o F1 2021 que, assim como seu precursor, deve alcançar vários milhões de cópias vendidas em todo o mundo.  

“O F1 2021 foi apresentado em julho, mas já reunimos nossos três pilotos desde junho em nossa sede, na cidade francesa de Limoges, para começar a preparação da equipe.”.  informa Richard Arnaud

Desde então, estão vivendo na mesma casa o piloto chileno Fabrizio Donoso (21 anos), o francês Nicolas Longuet (19 anos) e o húngaro Patrick Sipos (18 anos).

Todos os dias eles se dirigem à sede da Alpine Esports para participar de um programa de treinamento digno de um piloto de Fórmula 1. “Nós também contamos com a experiência da Alpine F1 Team para definir nossos protocolos de treinamento e preparação.”, conta Richard Arnaud.  

Mais de 300 horas ao volante! 

Grande parte desta preparação tem como foco a otimização do carro. “Ao contrário da Fórmula 1, no ambiente virtual todas as escuderias do campeonato mundial competem com o mesmo carro. Temos que definir as regulagens mais apropriadas aos nossos pilotos, tendo em vista os carros disponíveis.”, explica o responsável pela Alpine Esports Team. 

Fabrizio Donoso, Nicolas Longuet e Patrick Sipos treinam várias horas por dia no simulador F1 2021. “Desde julho, nossos pilotos já acumularam mais de 300 horas de jogo.”, resume Richard Arnaud. 

Preparação abrangente 

A preparação dos pilotos de simulador da Alpine Esports Team é global e vai muito além de jogar: “Nós trabalhamos com Julien Southon, psicólogo especializado em treinamento neurovisual para o esporte, que desenvolveu um protocolo tanto de processamento da informação como coordenação física. É preciso ter em mente que, nas qualificações, um concorrente pode ser eliminado por apenas dois décimos de segundo. Já na parte física trabalhamos da mesma forma que para um piloto de circuito, como a parte superior do corpo, além de melhoria da estabilidade e flexibilidade dos punhos e calcanhares, por causa dos pedais.” 

Enquanto aguardam a largada oficial, com a primeira das quatro corridas que compõem a temporada, os três pilotos da Alpine Esports Team já tiveram a oportunidade de enfrentar a concorrência: “Nossos pilotos já disputaram algumas corridas da League, que equivale aos jogos amistosos de futebol.”, explica Richard Arnaud. 

 Foto: Divulgação.

Tags: renault | alpine | alpine-esports-team | games